Domingo, 20 de Março de 2011

NO CÉREBRO, CORES

Colecção 'Madrid 2009'

 

Celebrar o novo ciclo da Terra. Por momentos, esquecer imagens de tragédias: a do Japão, a da Líbia e outras, por ora, mais discretas – agigantando-se novidade no planeta, ficam em plano fosco sofrimentos mais antigos, embora continuados. Substituir pela brancura da paz florida, rugas cavadas.

  

 

Ainda vestida de branco, a esperança. Sinestesias muitos têm e deles são redutos exclusivos. Podem relacionar-se com música, números, dias da semana, palavras, sentimentos e com o mais diverso pelas inúmeras gentes. Aninho a paz branca, a esperança cujo brilho encandeia e vejo translúcida, a alegria como luz de amanhecer fresco e soalheiro.  

 

 

Sejam camélias listradas pela cor gerada na seiva, flores de pessegueiro - por excelência anúncio de Primavera como o desabrochar dos botões delicados das amendoeiras -, exibem cor-de-rosa. Assim pinto o número três, a terça-feira, a bondade, a palavra ‘amável’.

 

 

Antúrios rubros como o sangue, a paixão, a surpresa, o mês de Abril, balões da infância. Carmim é tinta invisível composta por gotas de fenolftaleína, indicador camaleónico como todos denunciando a natureza ácida ou alcalina dos sais. Cor de Março, cor de mágoas lutuosas.

 

 

Do cacto primeiro, recolho o tom das segundas-feiras; do cascalho, a cor expectante das sextas e do número sete e de Setembro. Como o cerne dos rebentos na forma rosácea, o sábado é verde pastel - reproduz o número nove e Janeiro, também a palavra ‘cansaço’. Falta o azul das quartas e do quatro, o amarelo de domingo e do oito e de Agosto e de ‘felicidade’, o laranja do cinco, das quintas-feiras e de ‘euforia’. Um «psi» ocioso do escrito faria petisco.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:14
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
12 comentários:
De -pirata-vermelho- a 20 de Março de 2011
Mas que espantoso discurso esotérico sobre o nada, a vida!



MUIT'OBRIGADO


De Maria Brojo a 20 de Março de 2011
Pirata-Vermelho - nem sei se acredite!
De Cao do Nilo a 20 de Março de 2011
"What the imagination seizes as beauty must be truth"

John Keats

De Maria Brojo a 20 de Março de 2011
Cão do Nilo - belíssimo.
De nuvemdoce a 20 de Março de 2011
No cérebro, cheira a Primavera!!...
No coração, abrem-se lindas flores, desabrocham sentimentos.

Adorei as cores, as fotos e os sentimentos.

Beijinhos
De Maria Brojo a 20 de Março de 2011
Nuvemdoce - muito obrigada. Adoro fotografar. Quase ameaça tornar-se vício.
De -pirata-vermelho- a 20 de Março de 2011
(Olha esta...













é gira?)
De Maria Brojo a 20 de Março de 2011
Pirata-Vermelho - danadinho p'ra brincadeira. Como sempre.
De c a 20 de Março de 2011
E nunca bebe? ;-))
De Maria Brojo a 20 de Março de 2011
C. - Eu? Claro! Não é bom repasto aquele sem vinho à altura. Tem é de ser branco, desgraça de que padeço.
De c a 21 de Março de 2011
Razão da desgraça? Será razão que a razão desconhece?

Há tantas seduções no tinto... e companhias incontornáveis.

«Sorte a minha! O vinho mostrou-se também evoluído, mas menos do que o anterior, com uma coloração já tendendo ao granada, mas com aromas muito presentes de frutas vermelhas compotadas, contrastando com aromas de madeira, chocolate e um leve defumado. Em boca mostrou uma acidez boa, mas nada muito forte, taninos ainda bem presentes, bom corpo e um final médio, mas com um retrogosto bem agradável. Com o tempo o vinho evoluiu consideravelmente, partindo para aromas de nozes e ressaltando o aroma de chocolate.

Provado com queijos defumados ficou ainda melhor, fazendo um belo par com o amanteigado dos queijos.»

Daniel Perches
De Perseu a 21 de Março de 2011
Será da primavera?

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds