Domingo, 20 de Março de 2011

NO CÉREBRO, CORES

Colecção 'Madrid 2009'

 

Celebrar o novo ciclo da Terra. Por momentos, esquecer imagens de tragédias: a do Japão, a da Líbia e outras, por ora, mais discretas – agigantando-se novidade no planeta, ficam em plano fosco sofrimentos mais antigos, embora continuados. Substituir pela brancura da paz florida, rugas cavadas.

  

 

Ainda vestida de branco, a esperança. Sinestesias muitos têm e deles são redutos exclusivos. Podem relacionar-se com música, números, dias da semana, palavras, sentimentos e com o mais diverso pelas inúmeras gentes. Aninho a paz branca, a esperança cujo brilho encandeia e vejo translúcida, a alegria como luz de amanhecer fresco e soalheiro.  

 

 

Sejam camélias listradas pela cor gerada na seiva, flores de pessegueiro - por excelência anúncio de Primavera como o desabrochar dos botões delicados das amendoeiras -, exibem cor-de-rosa. Assim pinto o número três, a terça-feira, a bondade, a palavra ‘amável’.

 

 

Antúrios rubros como o sangue, a paixão, a surpresa, o mês de Abril, balões da infância. Carmim é tinta invisível composta por gotas de fenolftaleína, indicador camaleónico como todos denunciando a natureza ácida ou alcalina dos sais. Cor de Março, cor de mágoas lutuosas.

 

 

Do cacto primeiro, recolho o tom das segundas-feiras; do cascalho, a cor expectante das sextas e do número sete e de Setembro. Como o cerne dos rebentos na forma rosácea, o sábado é verde pastel - reproduz o número nove e Janeiro, também a palavra ‘cansaço’. Falta o azul das quartas e do quatro, o amarelo de domingo e do oito e de Agosto e de ‘felicidade’, o laranja do cinco, das quintas-feiras e de ‘euforia’. Um «psi» ocioso do escrito faria petisco.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:14
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...
De férias , para sempre. Fechou a loja... :-(
Curta as férias querida...Beijos
ABANDONODAVID MOURÃO FERREIRAPor teu livre pensame...
Ainda?Isso aí no Inverno é gelado ;-)

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds