Sábado, 2 de Abril de 2011

“ICOS, PATOS E OSOS”

Chris Brown, autor que não foi possível identificar

 

Quando a adolescência borbulhenta, inquieta, curiosa, desconcentrada pelas hormonas ‘ebulientes’ frequenta, no secundário, Ciências e Tecnologias, ou, em era mais recuadas, aprendia Química nos extintos liceus, as mnemónicas ajudavam memorizações, falhando o entendimento. Uma delas, hoje socialmente incorrecta, rezava assim: "bico de pato, osso de cabrito, Frederico preto". Modo simples de registar as designações dos sais relativamente aos ácidos que os geravam ao reagirem com uma base. Exemplo: do ácido sulfúrico advêm sulfatos, do ácido nitroso, nitritos, do ácido clorídrico, cloretos. Simples, fossem conhecidas as respectivas fórmulas químicas que outras mnemónicas auxiliavam no saber.

 

Na Física, o mesmo: a segunda lei de Newton, princípio fundamental da Dinâmica (parte da Mecânica que estuda a relação entre o movimento de um corpo e a causa que o determina) tem como equação conhecida F = m x a. Descodificando: F simboliza a intensidade da resultante das forças aplicadas no corpo, m a sua massa e a representa a intensidade da resultante das acelerações a que o corpo está sujeito. Ora, aluno que se preze memoriza-a como “a força é má”. Não esquece e aplica a preceito.

 

Serve o arrazoado para introduzir o vídeo que segue. Um professor brasileiro encontrou forma divertida de auxiliar aprendizagens nos clientes, como ele e muitos dizem ao falarem dos alunos. Exuberante, criativo, passa a mensagem científica com graça e efiácia. Mais não digo, porque melhor do que um reconto é o conto. 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:45
link | favorito
De Acúçar C. a 3 de Abril de 2011
Seria interessante recordar tantas outras, pois não são exclusividade da Química e da Física.

Uma de raiz: ASA tira e PEP põe.

E a raiz de todas:

Mnemosine ou Mnemósine era uma das Titânides, filha de Urano e Gaia e a deusa que personificava a Memória. Ela teve de Zeus as Nove Musas:

Calíope (Poesia Épica)
Clio (História)
Érato (Poesia Romântica)
Euterpe (Música)
Melpômene (Tragédia)
Polímnia (Hinos)
Terpsícore (Dança)
Tália (Comédia)
Urânia (Astronomia)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mnemosine

Vejam só a fartura:

Minha velha (ou vó) traga meu jantar: sopa, uva, nozes e pão.

Minha Velha Tia Mandou Jogar Sal Úmido Nas Plantas.

Minha Vó Tem Matado Jacarés Sem Usar Nenhuma Pistola.
Minha Vó tem Muitas Jóias, Sabe Usá-las No Pescoço.

Minha Vó tem Muitas Jóias, Só Usa No Pescoço.

Meu Vestido Todo Molhado, Já Secou Um Novo Pedaço.

Meu Velho Tio Mandou Júnior Saborear Umas Nove Pizzas.

Meu Velho Tio Me Jurou Ser Um Netuniano

Minha Velha, Traga Meu Jornal Semanal (com as) Últimas Notícias

http://www.youtube.com/watch?v=_zBxqIZKlyk


De Maria Brojo a 4 de Abril de 2011
Açúcar C. - e da fartura apetece-me fruir. Tenho daqui muito por onde peregrinar.
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds