Terça-feira, 21 de Junho de 2011

‘NA MASSA DO SANGUE’

G. Boersma

 

Os candidatos ao exame para acederem a magistratura copiaram à fartazana. Prova de respostas fechadas deve ter sido vigiado por habitantes no ‘Pomar de Jesus’, o mesmo é dizer inocentes ou distraídos do real. Qualquer professor, do Básico ao Superior, conhece neste tipo de provas a técnica da mão esquerda por via dos dedos levantados enumerando a pergunta, a direita dando resposta por esquema idêntico. Uma de duas: ou os vigilantes foram lerdos, ou coniventes.

 

Na primeira decisão, passagem administrativa. Na segunda, repetição da prova noutros moldes. Que os candidatos tenham sido fraudulentos, foi certo. Que no exame dos licenciados candidatos à Ordem dos Médicos e à respectiva especialidade venha a suceder parecido é presunção fundamentada. Mas quais os preceitos dos responsáveis pelas vigilâncias de exames que admitem estratégias escusas tão rudimentares? Quem os elucida sobre eles e obriga a respeitá-los? Ingénuos? Tontos? Ou de nada servem normas quando a permissidade é a única com acolhimento nos  vigilantes?

 

Este povo tem (des)graças difíceis de entender. Valem as pilhérias em que é fértil, a saborosa malandragem acoitada ‘na massa do sangue’.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 06:30
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
4 comentários:
De c a 21 de Junho de 2011
na massa do sangue é na falta de valores, na falta de princípios, na falta de exemplos servindo de referência além do chico-espertismo que orienta tanta 'sacanice' que faz deste naco de terra uma tira de safados.

já houve medidas (preventivas) que dispensavam até a vigilância.
já correu a versão que não foi necessário o código das mãos, sendo conhecido o enunciado, estando iguais as respostas difíceis e em branco ou erradas as fáceis.

permissidade é permissão a mais?
De Maria Brojo a 23 de Junho de 2011
C. - existem muitas técnicas na elaboração das provas que podem minimizar fraudes. Utilizadas competentemente, situações como a que tem dado brado seriam hipóteses remotas.
De Perseu a 21 de Junho de 2011

Como foi possivel estes fulanos terem obtido uma liicenciara?
E tantas terras incultas para amanhar.
Estas criatura nem para escribas de uma repartição servem.
De Maria Brojo a 23 de Junho de 2011
Perseu - grandes verdades!

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds