Segunda-feira, 11 de Julho de 2011

QUADRO NEGRO

Jack Beal

 

Quem diria estarmos colados à civilizada e muito bem comportada Áustria numa ‘lista negra’ internacional? Acompanham-nos a Sérvia, Israel, a Macedónia e a Eslováquia. A Agência das Nações Unidas para a Saúde espiolhou meia centena de países europeus e concluiu maltratarmos os idosos de modo a incluir-nos no lote dos seis piores entre os maus.

 

Os números agora divulgados contabilizam e comparam o já conhecido: aproximadamente, 40% dos nossos idosos estão sujeitos a abusos graves por via dos familiares mais próximos: filhos e netos. Extorsão, negligência, violência psicológica e física, algumas das agressões relatadas por mulheres portuguesas que vivem sós.

 

Longe vai a era onde era honra considerar os progenitores merecedores de atenção e deles aproveitar saberes que os anos acumularam. Permaneciam até à morte no seio familiar. No hoje, a pequenez das gaiolas/apartamentos, o labor diário dos descendentes, as convulsões e disfunções da família, a escassez de recursos e a ambição somadas à insensibilidade e afectos desacreditados, traçam alguns parâmetros do desgraçado real.

 

É doloroso assistir à degradação física e mental dos pais e avós. A memória de idos pujantes está presente nos filhos. Havendo valores também consubstanciados na gratidão irreversível pelo amor e ternura que dispensaram, o zelo continua. Sobrepondo-se imediatismo, cobiça e desprezo pela condição de caminhantes para o final, a selva sem lei impõe-se.

 

Estivesse o país convenientemente alicerçado nos cuidados domiciliários e paliativos, houvesse maior número de voluntários acompanhando os mais velhos e solitários, não era apagado o problema, mas atenuava-o. Lembro boas práticas, raras, sei, que permitem interagir os alunos das escolas e centros de dia onde, em alguns, estiolam idosos. Quem participou nestes projectos garante a maravilha do intercâmbio de competências e saberes, do carinho entre novos e velhos. A pedagogia dos valores também se faz assim.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:37
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
2 comentários:
De Do Nilo e do Tejo a 13 de Julho de 2011
Agreed Tereza C.

Musca

http://youtu.be/hXNsUHmeCug
De Maria Brojo a 15 de Julho de 2011
Do Tejo e do Nilo - tem uma pontaria divina ao acertar nos meus gostos musicais para o blogue. Obrigada.

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds