Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

“VAI UM ABRAÇO?”

Mati Klarwein

 

A ideia surgiu em 2004. Um jovem habitante de Londres regressou à Austrália onde nascera. Em Sidney, assolaram-no desgostos: divórcio dos pais, doença grave da avó, rompimento com a namorada. Não optou por um copo para esquecer e outro para o caminho ou qualquer outra alienação para suavizar mágoas - antes preferiu estreitar relações com os próximos. Viria a receber duma desconhecida abraço espontâneo e caloroso. De tal modo o gesto o sensibilizou, que decidiu distribuir abraços na Pitt Mall Street. Juan Mann, nome que adoptou devido à pronúncia inglesa ‘one man’, postado sempre no mesmo lugar e nas quintas-feiras à tarde, abraçava passantes.

 

Fortuna do acaso, cruzou-se com Shimon Moore, vocalista da banda Sick Puppies que o filmou, bem como a tentativa policial de o impedir de abraçar quem consentia no gesto. Ao falecer a avó do ‘One Man’, Shimon, solidário, ofereceu-lhe e colocou no YouTube o vídeo que gravara, ‘Free Hugs’. A ideia correu mundo e muitas organizações a adoptaram. Hoje, nas Baixas de Lisboa e Porto, serão distribuídos abraços sorridentes por quem aderiu à iniciativa lançada no Facebook.

 

O poder de um gesto que transporta afecto solto mas genuíno é, por vezes, miraculoso neste tempo de frialdagem emocional e mau viver. Talvez o instante rompa quotidianos cinzentos. Talvez nasçam sorrisos. Talvez o regresso a casa seja mais esperançoso.

 

_ Vai um abraço?  

Conquanto já pródiga no riso e no toque, isto digo e direi, coração aberto, a todos que aqui ou nas relações familiares e sociais encontre, pressentindo necessidade de atitude calorosa. Mera cópia? _ Sim. E copiar não pode inovar quem o faz?

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:48
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
7 comentários:
De Do Nilo a 20 de Julho de 2011
Nem mais...
desde que o "hug"nao estreite os rapazes e raparigas em quem "botamos"!

De Do Nilo a 20 de Julho de 2011
Musca:

http://youtu.be/ISgr8SgCYbY
De Maria Brojo a 21 de Julho de 2011
Do Nilo - e porque não? Talvez abraço do povão lhes lembrasse lutar por ele. «Musca» adequada.
De jotaeme a 20 de Julho de 2011
Oá Teresa!
Um abraço? "Why not"?
Simboliza para mim um estreitamento das afectividades e confiança "num aperto"! Parece estranho mas é verdade!Com um um abraço sentido e verdadeiro reforçam-se as nossas defesas contra o afastamento de quem gostamos!
Um dia que me encontres estás sujeita a um! "Why not?".
Um Abraço para Ti!
Jorge
De Maria Brojo a 21 de Julho de 2011
Jotaeme - Obrigada. O meu abraço dá por garantido, querido Amigo que, infelizmente, nunca vi.
De c a 20 de Julho de 2011
F & V

http://www.youtube.com/watch?v=Z3qdZRArHOs

e não vale a pena exagerar-mos ;-))

http://lusografias.wordpress.com/2008/05/25/preferir-a-e-antes-quererque-do-que/
De Maria Brojo a 21 de Julho de 2011
C. - óptimos links. Obrigada.

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds