Terça-feira, 16 de Agosto de 2011

DOS “PRIE-DIEU”, COXINS DESAPARECIDOS

Dzvinka Stife, autor que não foi possível identificar

 

Corria o primeiro dos anos quarenta. Por esse tempo, ainda a igreja das Aldeias não acomodava todos os católicos que assistiam aos terços e missas dominicais em assentos dignos. Na nave central, apenas bancos de madeira, de quem os trazia, encostados às paredes; vazio o espaço restante. No lado direito, mulheres de Alrote, no esquerdo, de S. Cosmado. As chegadas primeiro tomavam cómodos nos bancos, as que por um nico se atrasavam sentavam-se no chão, as longas saias cobrindo as pernas. Na cabeça um lenço cujo atar separava gerações: as mais velhas com ele em nó sob o queixo, as mais jovens prendiam-no atrás sob o cabelo penteado em carrapito ou em duas tranças cruzadas rentes ao pescoço. Aceitavam com naturalidade que as damas poderosas tivessem direito a lugar cimeiro, fixo, próximo e à esquerda do altar, marcado pelo respectivo prie-dieu – genuflexório com a base provida de almofada em veludo, associado ou não a uma cadeira. As senhoras donas consideravam adequado verem assim exaltada a distinta condição.

 

Porque a miudagem ficava junto das mães, a catraia espigadota no pensar, dez anos cumpridos, confundi-a tão vigorosa diferença marcada até na missa. Congeminou proeza com um amigo da catequese, dando-se o caso dela ser sobrinha-neta do pároco e ele filho do sacristão. Da ideia ao concreto, uma semana. Domingo seguinte, pela manhãzinha, escapuliram-se para o interior da igreja e às almofadas dos prie-dieu deram sumiço. Como se nada fora, assistiram à catequese.

 

Até os pais chegarem para a missa, brincaram no adro com os amigos, vigiando quem chegava na espera das madames. Uma a uma, dirigiram-se para o respectivo prie-dieu. Não vendo as almofadas, cochichavam entre elas. Durante o ofício religioso recusaram ajoelhar ou assento - nem na longa homilia do prior cederam à tentação de descansarem as pernas. Ofício terminado, voaram para na sacristia informar da ofensa padre e sacristão. Ruborizadas pelo escândalo público, a cacofonia instalara-se. Os dois homens viram-se da “cor da abelha” para acalmar ânimos, fechar a igreja e irem ao almoço que se fazia tarde.

 

No adro, homens saídos do coro e mulheres da nave comentavam o arrojo, sorriam com malícia enquanto era especulado quais os descarados, garotos pela certa, que daquela se haviam lembrado. Em casa, «apertaram» os filhos: _ se tinham sido eles, se sabiam quem o fizera fosse dito na hora. Mas nada. “Moita carrasco”. O mesmo sucedeu com os culpados. Ela repetia: _ Alguém foi. Dali não saía. Idêntica atitude teve o cúmplice, ambos com pavor de incorrerem na mentira, pecado, cedo ou tarde, a confessar. Lá arranjaram engenho para, à sorrelfa, devolverem às damas os coxins.

 

A responsável, já mulher, anos e anos dedicada aos explorados, afirmaria:

_ Sem que na altura o soubesse, incipiente consciência de classe obrigou-me à revolta. Ofendiam a minha sensibilidade os privilégios das elites perante a humilhação atávica e conformada dos trabalhadores rurais e fabris.

Menos conformada do que julgara, viria a testemunhar depois. 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:37
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds