Terça-feira, 13 de Setembro de 2011

À PORTA DO «TEM-TUDO»

Heriberto Cogollo, Eric Grohe

 

Oito e meia à porta do «tem-tudo» para construção. 'Café das velhas' tomado, vestimenta à trouxe-mouxe, do cabelo os múltiplos caracóis penteados com os dedos. Água gelada na espera das nove que a porta abrisse. Até às dez, foi um papar de buchas, torneiras, «bichas» macho e fêmea ou somente fêmeas, mais roscas e torneiras e autoclismo e lavatório e o mais que não lembro. Uma fadiga, não fora o fim último deixar daqui a meio ano bem contado num brinco casa inabitada da família.

 

Os mais queridos, salvo um, garantem que ensandeci pela troca de paredes e soalho cuidados em Lisboa por quimera capaz de me custar mundos e fundos, além da distância da urbanidade onde me têm por bicho certo no lugar próprio. Que, conhecendo-me a matriz pela aparência, laboram num erro carece de desmentido. Nem o TX lisboeta deixa de existir, nem existe impossibilidade geográfica de em três horas fechar a porta na Estrela e correr a fechadura do poleiro cerca do Campo Grande.

 

Acontece em horas frágeis indagar-me o porquê de reviravolta que pressinto de há muito, mas arribada suavemente à consciência em Junho após a limpeza obrigatória de terreno em socalcos na montanha. Terei, não juro, reflectido qualquer coisa semelhante a isto:

_ Anos em carreira, foi escavada cova nas quintas por onde foram escoados ribeiros de dinheirama. Vender amores de ancestrais está fora de causa _ Legarei o herdado, no pior, como foi recebido. No melhor, será alindado e volvida nova utilidade ao, até agora, sorvedouro na Beira Alta.

 

Dali até ao ‘mãos-à-obra’ foram semanas. Porfio na vontade dita quimera ou rebate inconsistente. Rosto erguido, percorro o meu outro caminho.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 18:38
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds