Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

GAIOLA DE VIDRO (II)

Bob Cole, Helene Beland

 

Ela entrava, eles também. Vez primeira, aberto o portão e somente o nome como abracadabra do condomínio via porteiro sisudo. A proprietária da fracção devia ter, previamente, informado de quem esperava o senhor cujos lábios esqueciam sorrisos. Ela com saco na mão, eles ajoujados sob rolos compridos. Ao atravessarmos os jardins, o mais carregado perguntou se ela autorizava que retirasse do interior dos cilindros envoltos em plásticos o tubo que os mantinha hirtos. _ Que não sabia, que inquirissem sobre a possibilidade a destinatária. _ Sabe, há maiores e assim temos de ir pelas escadas até lá cima. E olhe que são muitos andares! Este já duvido que entre no elevador. _ Logo vemos, respondeu. Mas couberam para alívio dela e dos homens fardados.

 

No apartamento, porta aberta, duas mulheres esperavam no hall. A dona, uma, a arquitecta decoradora, outra. Sem subserviência, repetida a pergunta. Respondeu que 'sim, que os tapetes não ficariam vincados', a mulher loira enfiada em cetim verde, elegante, bronzeada, pendurada em saltos agulha, mais parecendo dona do espaço que contratada para dele fazer obra de arte. Arriba a sócia, versão ‘vou-me daqui para caçar num monte alentejano’, com capote e botas e calças coerentes com o visual escolhido. Tal como a parceira, dama fina, boca muito aberta ao falar, vogais enfatizadas a denunciarem cópia de Cascais ou da Lapa ou doutros lugares que os há muitos.

 

Após as apresentações, as bochechas das especialistas (?) encostadas, como se fora beijo, às da mulher do saco na mão. Rindo por dentro, tirou o fato de passarinho que modista havia alindado. E a dona gostou, achou-o ‘amoroso’, ‘tá demais!’. E os tapetes enrolados continuavam a entrar. E no salão, homem fardado ‘à maneira’, ferramentas sobrando dos vários bolsos, pendurava quadros nas marcas ditadas pela de cetim. E a mulher, já sem saco na mão, a tudo assistia boquiaberta.

_ Onde estais protector dos aflitos que gaiola de vidro esconjura?

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Cortesia de Veneno C.

 

publicado por Maria Brojo às 09:55
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
1 comentário:
De Veneno C. a 15 de Dezembro de 2011
Além do Senhor dos Aflitos, há mais santidades que advogam nessa vertente, não sabendo se são eficazes na vidrada gaiola?

S. Sebastião, S. Brás e S. Expedito serão trindade santa capaz de suster os primeiros medos dos engaiolados? Restando dúvidas... voz de novo à Violeta que irá indagar sua Santidade ;-)

Miren como nos hablan de libertad,
cuando de ella nos privan en realidad.
Miren como pregonan traquilidad,
cuando nos atormenta la autoridad.

¿Que dirá el Santo Padre?
Que vive en Roma,
que le están degollando,
a su paloma.

Miren como nos hablan del paraíso,
cuando nos llueven balas como granizo.
Miren en el entusiasmo, por la setencia,
sabiendo que mataban ya la inocencia.

¿Que dirá el Santo Padre?
Que vive en Roma,
que le están degollando,
a su paloma.

El que oficia la muerte como un verdugo,
tranquilo está tomando, su desayuno.
Lindo segar el trigo por lo sembrao ,
regado con tu sangre, Júlian Grimao.

¿Que dirá el Santo Padre?
Que vive en Roma,
que le están degollando,
a su paloma.

Mientras más injusticias, señor fiscal,
más fuerza tiene mí alma, para cantar.
Con esto se impulsieron la soga al cuello,
el sexto mandamiento, no tiene sello.

¿Que dirá el Santo Padre?
Que vive en Roma,
que le están degollando,
y su paloma.

http://www.youtube.com/watch?v=gt5fwjWiCqI

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds