Sábado, 7 de Janeiro de 2012

ENTRE A MAÇONARIA E O ‘TORRESMO DO RISSOL’

Ari Roussimoff, autor que não foi possível identificar

 

Mas que estranha coisa esta de cada um, ao ocupar cargos maiores, ter de divulgar se é mação? Por acaso alguém reclama pela ocultação de pertencerem à Opus Dei? E se os há espalhados por tudo quanto é sítio e são lobby reconhecido e engendram poderes e ascendem como se propulsionados por alavanca que Arquimedes reconhecia erguer o mundo.

 

Complô de influências existem com ou sem secretismos. Esta ribalta da maçonaria, somente entendo pela ligação maçonaria/secretas. Pelas escutas dum «secreta» a jornalista. A classe jornalística, corporativa pois então!, reagiu e destelhou quem pôde. E não é que num país queimado a chama proliferou?

 

Todos os excessos enjoam – confirmo-o pelo meu gosto por ‘torresmos do rissol’ que no dia de ontem revoltaram o fígado como se tivesse cometido pecado. E cometi, todavia consciente de optar entre alimentação saudável e satisfazer deleite atrasado. Lá suportei o mau estar sem lamúrias oficiosas – as oficiais são menos más. Se pertencesse à confraria dos torresmos e por magia fosse guindada a governante ou deputada ou presidente dalguma fundação poderosa seria obrigada a divulgá-lo?

 

Não me venham com transparências indispensáveis como se o ser humano fosse celofane. Todos ocultamos privacidades gostosas sem prejuízo da comunidade/pertença. Curioso é proliferar a chulice dos cidadãos mandantes sem que seja indagado qual a praia a que pertencem; por uma vez o Paulo Portas teve graça: _ “Fui educado nos Jesuítas e a maçonaria não é a minha praia.” Pois não. Ele é mais Aspen. Tem bom gosto.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Porque me apetece.

 

                                                                                                                 Didier Ferry

publicado por Maria Brojo às 11:24
link | favorito
De Cão do Nilo a 7 de Janeiro de 2012
Se bem percebi a coisa, o PSD criou uma loja à sua imagem e semelhança. Como antes já criara, por exemplo, um banco.
Foi na loja do mestre...


http://youtu.be/yfe2f2SSe78

De Anónimo a 10 de Janeiro de 2012
Esta cambada de vigarista que se governaram desde o fatídico 25 de Abril deviam ir passar ferias muito grandes para o Tarrafal. Muitas famílias de portugal,poem termo à vida por nao term dinheiro para comer, os gatunos socialista gastavam 8000 E. em almoçaradas por mes.Que merda de demoçracia é esta.Este chulos um dia vao pagar bem caro e nao falta muito.Saudades do Portugues que nao roubava e que metia estes chulos no Tarrafal. O meu nome é PORTUGAL.
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds