Sábado, 25 de Fevereiro de 2012

E NAS PATAS SEMELHANTES

 

Castas sociais lembram-me fósseis. Classificações taxonómicas. Bichos maiores ou menores. Destes as bactérias e os fungos. Vírus. Gripes. Incómodos. Cama pelo pior motivo: doença. Distinção entre elites e o povo confrange. Entre honestos e desonestos, o mesmo. Distinguir no olhar social putas ricas, putas pobres, alternes de primeira e de segunda, apre que é demais! No ‘Elefante Branco’ e patas de semelhante teor, a polícia não entra, as meninas são «légais», não se alugam, ninguém lhes toca, estão lá como bonecas de cera: só para ver. Se o leilão da carne é feito entre sussurros e de copo na mão, a diferença resume-se ao licitador dos corpos de ocasião - liberais por profissão, herdeiros de fábricas falidas, ribatejanos que vieram aos touros no Campo Pequeno renascido e quiseram mais touradas, vendedores, homens deslocados das «esposas», ou das «companheiras, ou das «namoradas» encafuados num hotel em acções de formação, todos desejosos de meter a pata na poça de carne importada.

Na noite dos mil olhos, do esconde-esconde com a vida, alugam-se sonhos, compra-se a ilusão de ser mais homem - para agarrar um corpo daqueles pago o que for preciso que uma vez não são vezes! -, de esquecer o gelado arrepio da mulher na cama, farta de ser usada à noite por quem dela não sabe o dia, de omitir as humilhações da Lourdes da reprografia quando lhe saltam as mamas e ignora, dele, as investidas. De alguns são espampanantes os automóveis ao relento - incha-lhes o ego e cuidam de à conta dele incharem o pendente. Que não incha. Ou só às vezes. E mal. Ou não desincha, porque de acordo com a posologia tudo foi rápido de mais. Ou aquele que é jogador de futebol, figurão nacional, e por isso requer sítio mais fino e mulherio de mais nobre pedigree.

Sexo para consumo de bebidas, de corpos, de tempo, de fugas comprimidas ou aspiradas. Luzes discretas, música, tudo feito em pó e lixo quando vem a manhã. Distinguem as casas do sexo uma coisa: as pobres sofrem rusgas e há detenções, nas que servem castas de elite não entra fiscalização ou «bófia» - são presumidas legais. Copos, corpos, chulos e clientes. Todo o poder é lícito, embora seja  suposto o não.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 15:53
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
1 comentário:
De c a 26 de Fevereiro de 2012
com patas, fungos bichos, só psicopatas... :-(

cada bicho morde(-se) do que (não) lhe agrada?

caíriam as diferenças, de honestidade incluídas, se o bicho do bolo-rei estivesse pelos ajustes?

contra quem se bate, quixotesca mente?

http://www.youtube.com/watch?v=BfaQuk5tEKE

http://www.youtube.com/watch?v=KTtpLRaRlmU

com que patas se pegou?

http://www.lifecooler.com/Portugal/noite/ElefanteBranco

Comentar post

últ. comentários

Olá. Posso falar consigo sobre a sua tia Irmã Mar...
Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds