Quinta-feira, 1 de Março de 2012

A BITA

Autor que não foi possível identificar

 

A Bita. No ecrã, origem desconhecida; pela hora, certa a origem. Por isso atendeu – de costume, recusava ‘anónimo’. Voz grave. Desconcerto para quem lhe conhecia o saltitar alegre do “A menina como está?”. Meavam fala com risos. Partilhas que o relógio esquecia ou comprimia se era imposta a crueza normativa do trabalho. Mas fora o “Bom dia!” esquecido e a fatalidade esgueirada sem fiosque cavaram sulcos preocupados. Do “que aconteceu?” soube a resposta:

 _ Partiu-me o pulso!

           Silêncio. Interrompeu-o. Quis saber mais do que sabia: a partilha, tensa como funda esticada e pedra na ponta, da casa de família com o futuro ex-marido dentro. Os filhos testemunhas e vítimas da agonia conjugal. Das perfídias. Das réplicas violentas. Da agressão mútua. Psicológica até ao momento.

          _ Cheguei do hospital. Engessada, mas sem dores. Foi quando saía de casa para as compras de sábado. Puxou-me. Tentei escapar. Agarrada, torceu-me o pulso até o sentir ranger. Os miúdos ainda dormiam. Eu, só. Fugi, chamei um táxi e fui para o São Francisco Xavier.

        O tom monocórdico respirava anestesia.

              _ Estou bem.

       Sem lágrimas, soube da polícia que a acompanhara desde a entrada na urgência. Do remedeio clínico, da ida à esquadra, do auto lavrado, do regresso na viatura policial. E as lágrimas e as palavras que não iam nem vinham. _ Vou dormir. Tenho o irmão dele comigo. Se precisar ligo, minha querida.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:54
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds