Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2012

AOS DITOS, POIS ENTÃO!

 

António de Matos Ferreira - “Naufrágio”

 

Acusam os portugueses de indisciplina, do desrespeito pelas elementares normas no viver em sociedade. A ceifa de vidas pelas estradas, os incendiários por deleite ou o rapinar de bens alheios fazem da indisciplina pecadilho menor. Dela fornece testemunho o hábito do sonoro arroto atingindo os extras quem estiver a jeito, de deitar pontas de cigarro, papéis e caricas para o chão.

 

Aventam alguns outra razão: o português gosta de pontaria apurada. Quando, num estalar de dedos, atira a ponta de cigarro, substitui cesto de basquete pelas pedras da calçada. Amarfanhar numa bola o papel do magro saldo bancário e pontapeá-lo com raiva para baliza invisível é prova de vida do goleador que há no fundo de todos nós. Tampas, maços vazios, o jornal lido, tudo serve para encestar. Ok, é ao lado do que estava em mira, mas treinámos, e isso é que conta. Por outro lado, quando um cretino está a pedir murro certeiro nos apêndices inferiores, normalmente mal reagimos e preferimos despejar fúria nos botões:

 _ “Podia assestar-lhe pontapé valente, mesmo no meio, mas não. Fui superior àquele reles.”

 

Português é inseguro. Somente perentório no sim ou não, chamar «besta», em voz audível ao grandalhão que na rua o importunou se está entre paredes; as dele. Aí, a verve não falta. Azucrina os «putos» e a mulher, mas mostra quem manda, que é homem, que os tem no sítio. A verdade é nunca saber se os tem ou não. No sítio, claro. Se atentarmos nas vezes em que os apalpa e o alívio reconhecido por não terem debandado, deixa o observador com dúvidas: para onde poderiam eles ter migrado? Tão caducos que o pobrezito receia que lhe caiam aos pés? Que cachorro vagabundo os coma logo ali? Remédio: açaimá-los pela manhã. Aos ditos, pois então!

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 06:58
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
2 comentários:
De Ghost a 6 de Dezembro de 2012
Giríssimo: nada (que se farta) com as portuguesas, que a terão no sítio (certamente) e não consegue cair ao chão nem ser comida por um rafeiro (cão).

É o fado... da triste sina (cu é none)

http://www.youtube.com/watch?v=szYbV9NtYBk
De Maria Brojo a 7 de Dezembro de 2012
Ghost - azia tamanha só com Pepsamar. O escrito pretendia ser graçola. Nunca redutor.

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds