Terça-feira, 18 de Junho de 2013

EFEITOS DA COISA/CRISE NA SAÚDE PORTUGUESA

 

Andre Kohn, Paola Angelotti

 

Porque os idosos falham nas tomas diárias dos medicamentos receitados ou nem aviam nas farmácias a medicação prescrita ou não adquirem aparelhos auditivos e óculos pela falta de recursos económicos, segue cópia dum texto de hoje na edição online da TSF.

 

“O alerta é do Observatório Português dos Sistemas de Saúde no relatório anual. A denúncia surge pelo segundo ano consecutivo, baseada no aumento da ansiedade e depressão dos portugueses.

 

O documento cita dados nacionais e regionais para concluir que em paralelo com a crise assiste-se a «um aumento da depressão, da taxa de tentativa de suicídio e das mortes prematuras».

 

Os investigadores dizem que os efeitos da crise sentem-se, por exemplo, nas despesas: 20 por cento dos portugueses estão a gastar menos com a saúde, numa percentagem que duplica entre os desempregados.

 

O relatório sublinha que várias fontes apontam ainda para um aumento da ansiedade e da depressão no país. O estudo citado de seguida foca-se na Unidade Local de Saúde do Alto Minho onde vivem 250 mil pessoas. Nessa região, o último ano teve um aumento de 76% nos casos de internamento compulsivo, o que pode dever-se ao agravamento das situações clínicas de doença mental ou à má adesão aos tratamentos.”

 

Nuno Guedes

 

Nota: recomendo a leitura da crónica “Desejos Perversos do Invejoso” publicada na “Dobra do Grito”. Excelente!

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:41
link do post | Veneno ou Açúcar? | favorito
4 comentários:
De Ghost a 18 de Junho de 2013 às 10:34
Há-de haver uma (boa?) razão (que a razão desconhece?) que vos leva a dar tanta atenção ao abstruso invejoso... Conhece-no? Ele lê o que escrevem?
Compensa essa preocupação, ou é (apenas?) uma vingança(zinha)? Ou é antes uma mera (vera?) projecção?

Divirtam-se

http://www.youtube.com/watch?v=CEiV-opLwFk
De Maria Brojo a 19 de Junho de 2013 às 07:41
Porque enviesa desnecessariamente o discurso ao comentar leituras? Não desenvolveu a capacidade de análise objetiva sobre os escritos?

Imagino-o a mergulhar num livro, se lê além do rol de afazeres ou de jornais, e a rotular patéticas intenções que a sua psi atribui ao autor.
De Ghost a 19 de Junho de 2013 às 11:35
Não é um discurso nem há enviesamento: é uma questão directa aos autores que parecem lutar contra 'moínhos de vento', reproduzindo teorias inócuas e sem (aparente) fundamento.

Claro que (quase) sempre me questiono quando leio, quando ouço, quando observo, sobre as razões da obra.

Assim uma espécie de...

Leitmotiv, motivo condutor ou motivo de ligação, genericamente qualquer causa lógica conexiva entre dois ou mais entes quaisquer.

Como se cada dia tivesse uma tônica. "Hoje levantei-me com o pé esquerdo", ou "não deveria ter saído da cama" ou "estou muito aborrecido com você". São aqueles dias nos quais, sem razão aparente, todo o mundo nos repreende e se irrita com qualquer coisa que fazemos ou dizemos.

Divirtam-se!
http://www.youtube.com/watch?v=8mAJ_QxWuRI


De Ghost a 23 de Junho de 2013 às 00:39
Voltando à questão, não posso deixar de (me) questionar de novo relativamente à resposta dada (que não é resposta):

- será deformação profissional que lhe distorce o ângulo com que olha o comentário que, porventura, não lhe agrada?

- acha que há pertinência na sua avaliação do desenvolvimento da 'capacidade de análise objectiva sobre os escritos'?

- parece-lhe anormal que (se mergulhasse num livro) o leitor (com ou sem psi mas em si) 'rotule' 'patéticas' 'intenções' ao autor?

- falta então que (me) diga se reconhece a cada um a liberdade de pensamento, de sentimento, de expressão? (Parece que não...)

Divirta-se!

http://www.youtube.com/watch?v=Q805gD44PnY

http://www.youtube.com/watch?v=7ixjeDx0PAQ

http://www.youtube.com/watch?v=XQQX7PoUnQ8

Comentar post

Recomendo:

Exposição de Artes Plásticas - Conceito

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

últ. comentários

Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...
De férias , para sempre. Fechou a loja... :-(
Curta as férias querida...Beijos
ABANDONODAVID MOURÃO FERREIRAPor teu livre pensame...
Ainda?Isso aí no Inverno é gelado ;-)

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds