Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

LUZIU BOA NOVA

 

Jim Warren
 
Boas novas nem são tão raras assim. Perdido foi o fulgor nos espíritos de contrariarem a desgraça atávica pela qual nos habituámos a culpar as leis, os governos, o povo, o mundo, a malvadez da globalização*. Dá arranjo incriminar outrem ou o abstracto pelo não almejado por falta de vontade, coragem e trabalho. Muito Trabalho.
 
Em sete anos, de 2001 a 2008, nas estradas nacionais, houve uma redução de 47% de mortes. Juntamente com a França e o Luxemburgo, progredimos de modo substantivo nesta estatítica. Até 2010, escassos três pontos percentuais nos separam da meta de 50% a menos de vítimas rodoviárias. Objectivo imposto pela União Europeia. Em contrapartida, a Roménia e a Bulgária viram aumentar em 2008 o número de mortes na estrada.
 
Esta evolução positiva é peneira que não tapa a borrasca de, no ano passado, terem sido contabilizadas 79 mortes nas estradas por milhão de habitantes. Acrescendo os que falecem nos hospitais, a estatística aumentaria tragicamente.
 
O progresso registado tem componente decisiva: assistência médica mais eficaz nos vinte primeiros minutos após o acidente. Intervalo de tempo que é estrada curta entre a morte e a vida.
 
* Melhor reflexão sobre este tema do que aquela constante dos comentários no post de ontem, "Ora et Labora Dixit", ainda não li. Recomendo-a vivamente.
Aproveitei a sugestão do Zeka de voltar ao Jim Warrem. A prova está na imagem acima. De outra do mesmo autor farei texto amanhã.
 
CAFÉ DA MANHÃ
 
publicado por Maria Brojo às 10:04
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds