Terça-feira, 21 de Julho de 2009

DIFERENÇA DE «As» NOS ELÉCTRICOS


Benjamin Anderson

 

Ele garante suprimir durante dois anos o IA e o imposto de circulação. Descontar cinco mil  euros na compra de um veículo eléctrico. Se trocado por um «gasolina», aumentar o desconto para seis mil e quinhentos. Maiores os benefícios esperam frotas de empresas. A Renault-Nissan compromete-se a criar 200 postos de trabalho em Sines, Estarreja ou noutro lugar com universidade e porto marítimo próximos. Boas acessibilidades importam. Objectivo: exportar e promover, com mão-de-obra portuguesa, o fabrico de baterias de iões de lítio que abasteçam automóveis eléctricos. Uma por prédio novo. Parece-me bem.

 

Aos microfones, o representante do ACP, Automóvel Clube de Portugal, reduziu a nada os propósitos:
_ pura demagogia! Carga rápida das baterias dá para meia dúzia de quilómetros, carga lenta para uma centena. As frotas das empresas trabalham, não passeiam. Copiar os alemães é melhor – dois anos sem IA e imposto de circulação.


Presente a facilidade da cópia. Omisso o facto da investigação em ciência não parar durante a trindade de ciclos prevista. Que o conhecido hoje é ultrapassado amanhã. Que nada há definitivo na existência. Que a velhice no pensar não é comandada pelo B.I. . Que crença e esperança em falta é depauperação do «ser».

 

A ACAP, um «a» a mais no meio, bateu palmas.
_ Abater um veículo em fim de vida útil é acertado. Incentivos no sector são positivos. Sempre.

 

E pessoa comum, tal qual eu, pasma. Desconfia. Interpela as diferenças. As apreciações deviam ser inversas? Mera discordância ou incidente politiqueiro? No entretanto, dei resposta. Ouviram-na os botões que não existem no «nada» de cetim.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Fast car -Tracy Chapman

publicado por Maria Brojo às 09:52
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds