Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

A ESPUMA DAS PALAVRAS


Walter Girotto 470 387

 

Ele altera os impostos. Ela não lhes toca. Ele quer legislar o casamento entre homossexuais. Ela tem o facto por ocioso. Ele tenciona acrescer o auxílio social do Estado aos mais pobres. Ela acaba com essa despesa no orçamento geral. Ele quer maior investimento na ciência e tecnologias. Ela deseja rigor. Ele acaba com os falsos recibos verdes na função pública. Ela está contra a linguagem de ricos e pobres. Ele mantém as obras públicas previstas. Ela cancela-as. Ele quer limitar mandatos do primeiro-ministro e governadores regionais. Ela está com gripe. Ele promete. Ela silencia. Por agora.

 

Levar para férias os programas eleitorais dos partidos candidatos às legislativas não faz parte da bagagem dos portugueses. Para leitura de praia não servem – pesados e aborrecidos. Depois, a Fnac e os supermercados estão pejados de capas chamativas que cobrem palavras leves. Na rentré, voltam as preocupações quotidianas. Haverá debates, «gordas» nos jornais e noticiários. À conta deles, da vida difícil, das desilusões e esperanças o povo escolhe e vota. Bem por exprimir vontade.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:23
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
6 comentários:
De zeka a 30 de Julho de 2009
Esta espuma das palavras, por falar em férias, faz-me lembrar o fim das ondas que morrem, repetidamente, veneravelmente, na ávida margem de areia que as recebe, ficando sempre e de novo à espera das próximas, como se não houvesse volta a dar-lhes.

O que se pode esperar, de tanto morrer e voltar?

"A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las"

Aurélio Agostinho

O eterno busílis da leitura apetecível: sem cabeça e sem pés, centrada no umbigo. O marketing (eleitoralista) sabe bater na rocha, até que se solte o mexilhão. Alguém aproveitará. Vira o disco.

50% ficarão cegos. 50% recuperarão. Sabotagem?
O Ministério Público averigua. Fátima de Felgueiras rejubila. Juíza absolve por falta de provas. Eurojust aguarda (anjo da guarda).

Férias... Lanzarote... Saramago... Nobel: Cegueira!
Escolher? Votar. Branco?
Como a espuma das ondas que morrem incessantemente na areia.
Antes, durante, depois da rentrée. Como de costume.

De Teresa C. a 3 de Agosto de 2009
Zeka - o morrer das ondas espera-me mais adiante no mês de Agosto. Julga que as deixo morrer assim, sem mais? Antes devem lamber-me os pés nas minhas caminhadas à beira-mar.
Quanto ao resto? Em Setembro, vejo. Sou tão mulherzinha, tão banal, não sou?
De jotaeme a 31 de Julho de 2009
E se eles se casassem? Como seria? Gostava de ver lol!
Estão mesmo um para o outro!
É a Silly Season, no doubt!
Jorge madureira
De Teresa C. a 3 de Agosto de 2009
Jorge - Infeliz casamento. Não pela diferença de idade, mas pelo modo de estar. Além do mais, ele parece ter bom gosto no vestir e na mulher-escolha.
De António a 31 de Julho de 2009
a espuma dos dias - et pour cause... - supera-se melhor recorrendo a quem sabe, sente e encanta como só as mulheres grandes

sobre as palavras e o que valem as palavras relembro as palavras de Sophia de Melo Breyner Andersen, respeitosamente:

«Com fúria e raiva

Com fúria e raiva acuso o demagogo
E o seu capitalismo das palavras

Pois é preciso saber que a palavra é sagrada
Que de longe muito longe um povo a trouxe
E nela pôs sua alma confiada

De longe muito longe desde o início
O homem soube de si pela palavra
E nomeou a pedra a flor a água
E tudo emergiu porque ele disse

Com fúria e raiva acuso o demagogo
Que se promove à sombra da palavra
E da palavra faz poder e jogo
E transforma as palavras em moeda
Como se fez com o trigo e com a terra»
De Teresa C. a 3 de Agosto de 2009
António - "à propos" mulheres grandes. Já leu "Mulheres que Escrevem São um Perigo"?

Comentar post

últ. comentários

Olá. Posso falar consigo sobre a sua tia Irmã Mar...
Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds