Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

A PESCA DA CANA


Stan Ekman

 

Resolver a pobreza extrema. (Re)pensar os sem-abrigo. Penalizar como “crime contra a humanidade” a riqueza escandalosa. Valorizar a partilha - prazer mais do que obrigação sem que, pela dádiva, inche o umbigo individual. Dar cana e ensinar a captura dos peixes. Ler a miséria extrema advinda do analfabetismo social como herança perpetuada nas gerações.
 
Nos primórdios do Subsídio de Reinserção, foi produzido algum bom trabalho de casa e no terreno. Visitas regulares dos especialistas aos beneficiários do subsídio promoveram hábitos saudáveis nas relações familiares e na postura social. Crianças foram melhor alimentadas, incentivadas a melhorar o desempenho na escola; pais optaram por caminhos atentos às condições reais. Saiu valorizado o espírito de família. Da comunicação. Da sensatez.
 
 As actuais condições deste extremo da Europa fronteiro ao Atlântico há muito não justificam tamanha mancha de pobreza extrema. Todos somos co-responsáveis. Neste «particular», a acção governativa tem sido ineficaz, apesar de intervenções pontuais. Sementes largadas não cresceram – a modorra recolheu-as e a miséria de espírito ganhou. Outras ergueram árvores com frutos bons. Acredito na possibilidade de ser feito mais e melhor. Tem de existir – pousar nos maus-costumes é descaminho que a Portugal e ao mundo não convém.
 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Importa aceder aqui. O Jorge surpreende e bem!

 

 

publicado por Maria Brojo às 09:10
link | favorito
De -pirata-vermelho- a 18 de Dezembro de 2009
Olhe que com estas gracinhas não põe mais os pézinhos num barquinho nem volta a jantar num castelinho.
De Maria Brojo a 19 de Dezembro de 2009
Pirata-Vermelho - olhe que volto! Os meus amigos prodigalizam benesses e partilham o que possuem. Deo Gratias!
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds