Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

QUE NÃO DA VIDA DE UM MÉDICO

Alain Aslan


Dizem que sim. O porta-voz, que não. Especulada idade mínima para reforma inteira. Sessenta e sete, ou menos dois? Mais trágico, mas com arremedo a ‘inglês ver’, o ‘sobe e desce’ no total de vítimas mortais na Madeira - 48, 42, 37, 39? Que país este! Nem nos defuntos se entende, quanto mais na sorte dos vivos!

 

O Estado imediatista foi, anos atrás, complacente com empresas «necessitadas» de reduzir pessoal. Lucraram. Recambiados para o fundo de desemprego, trabalhadores de alto custo, até ali efectivos. Depois, pagos por todos. Através de manigâncias várias, continuaram a receber ordenado inteiro até à reforma de luxo. Precoce idade média dos «despachados». Bem-bom! Para alguns, choque: preferiam continuar em função. Depressa e com deleite, se adaptaram a diários libertos.

 

Afinamos pelo importado: se a «estranja» aumenta idade útil, justificada pelo acrescento na esperança de vida, vamos rebocados. Esquecidas especificidades e desigualdades e ambiguidades das profissões que não de fé nas circunstâncias asnas e paupérrimas. Trabalhos propícios a desgaste intenso, merecem diferença na contagem. O mesmo para o número de anos espoliados de parte valente do ilíquido/salário. Lugar aos desempregados juvenis, também.

 

Urge pôr cobro a reforma por invalidez permanente, mal chegado «enta» compatível, posteriormente, com trabalho remunerado à margem do fisco. Legislar tectos de pensões. Segurar a Segurança Social sem insegurança daqueles que a sustentam.

 

‘Retalhos’, ao acaso, que não ‘da vida de um médico’. Tão retalhado como outros. Só que ele cose. Por exemplo. Freiras rezam, enquanto descontam. Outro exemplo.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 06:51
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
20 comentários:
De -pirata-vermelho- a 25 de Fevereiro de 2010
Imediatista é o seu primeiro paragraphe, a falar de tudo e nada com uma rapidez do caraças.
Imediatista é tudo, nesta vida aceite hoje como modelo.
Imediatista ...


pois.
É isso mesmo!
De Maria Brojo a 26 de Fevereiro de 2010
Pirata-Vermelho - repleto de razão!
De zeka a 25 de Fevereiro de 2010
regressado das melhores horas (não suecas) do dia/noite (António dixit), Min Dinho exige voz/imagem do dono

http://www.youtube.com/watch?v=NjIN_YnCnOg&feature=related

este mi údo im perti nente anda um bili calmente ligado às ber çais mem órias e faz qu estão de nos mimo sear com
"from Me to You"
http://www.youtube.com/watch?v=0meTY7YjqWk

acho bem que ajude à festa, não há fartura de opor tunidades

PS - consta-se que o JAN mandou a ética às urtigas e foi levar o Sol pessoal mente ao Funchal para poder in vestigar (in loco) o mistér io dos cadá veres que não se deixavam contar (graças ex peri ência em Faces Ocultas).
ps - espero mere cer ab sol vição :-(

De zeka a 25 de Fevereiro de 2010
imediati stica mente... será que isto são a judas?

Reformas depois dos 65 duplicaram em 2009

Segundo dados oficiais, 10 602 portugueses tiveram direito a bonificação de pensão, em 2009, pelo facto de se terem reformado depois dos 65 anos. No ano anterior, 5597 pensionistas tinham sido bonificados e apenas 1522 no segundo semestre de 2007.

ver mais:
http://www.solidariedade.pt/sartigo/index.php?x=4149
De zeka a 25 de Fevereiro de 2010
(i'm)puro veneno - esta ex emplar freira (bom ba 007) reza descara mente... enqu anto desconta a última peça que im peça a visão divina de a tentar nas suas ín timas vir tudes ;-)

há fés que salvam, umas mais que outras?

http://www.youtube.com/watch?v=IXdNnw99-Ic&feature=related
De Maria Brojo a 26 de Fevereiro de 2010
Zeka - provocação é comigo! Inocente ou nem um pouco. As fés são o que são - dando apaziguamento ao indivíduo valem 'per si'.

O seu Youtube acompanhará o António. Belíssima conjugação, I think!
De zeka a 26 de Fevereiro de 2010
Anda por aí tri ângulo... de geo metria vari àvel ;-)

Não de Ber mudas mas à TerAntZek: o que lhe cair no a linha mento... sairá re vigor ado!

http://www.youtube.com/watch?v=mFO-utRNTps&feature=related

De zeka a 27 de Fevereiro de 2010
já descobri o que a força daquele olhar pro cura... e o que aquela rendi ção despo jada de seja... uma pedra de 35M$ ;-)

http://news.yahoo.com/s/nm/20100226/ts_nm/us_petra_diamond_2
De zeka a 27 de Fevereiro de 2010
quer ias... ;-)

http://news.yahoo.com/nphotos/slideshow/photo//100226/481/56ce2b38bfce4a8d928f3a149d8c1cee/
De marta a 25 de Fevereiro de 2010
Os 67 anos não me fazem muita impressão, apesar de perceber que haverá uma geração que começou a trabalhar, talvez cedo demais e que está cansada.
Embora ninguém aponte o dedo aos juvenis, eles e os pais terão alguma culpa no desemprego: escolhem qualquer curso sem querer saber das necessidades do país, ou melhor, das hipóteses de vir a ter emprego
Sei que o que digo é politicamente incorrecto
Sei que todos deveriam poder escolher segundo a sua vocação, mas tenho a ligeira impressão, que hoje, a vocação de cada um é aquela que dá mais dinheiro e menos trabalho.
De zeka a 25 de Fevereiro de 2010
Nova Ordem Mundial, precisa-se!

- jornada de 8 horas -> 4 horas
- 13º (e 14º?) mês -> 12º mês
- reforma -> descontos feitos / esperança de vida

o que causa todos os problemas é o desequilíbrio entre oferta/procura e a 'má' distribuição entre remuneração/prestação.

parece simples? ningém quer assumir isso...

em cada ano acrescem 80 milhões de habit(u)antes neste 'mercado': que trabalho/remuneração/reforma dar a estes 'assa lari ados'?

De zeka a 25 de Fevereiro de 2010
de passagem

"... 1138 arquitectos inscritos nos centros de emprego (mais 136 que no mês passado), todos os arquitectos que vivem em jornadas de trabalho precário de sol a sol e todos os arquitectos não agraciados pela distribuição da encomenda pública..."

De António a 26 de Fevereiro de 2010
subscrevo o último parágrafo, por conhecimento empírico e por me ter sido relatado durante uma acção de formação em que participei - um dos formadores tentou saber o que os formandos queriam ser no mundo profissional e as respostas foram dessa ordem: nenhum queria ser advogado, arquitecto, engenheiro, embaixador, empresário, declararam antes que queriam ser milionários, jogadores de futebol do Barcelona e por aí diante, olaré!


De António a 26 de Fevereiro de 2010
referia-me ao último parágrafo do comentário da Marta

quanto ao primeiro parágrafo, há dias um arquitecto contava em roda de conversa que depois de passar muitos anos em gabinete urbano, passou a trabalhar também em obra, em diversos pontos do País, surpreendendo-se pelo vigor, alegria e... boa vontade dos trabalhadores, homens de cinquenta e sessenta anos, de matriz rural e plenos de saúde !!!
De marta a 26 de Fevereiro de 2010
risos
Esses, António, devem ser os filhos de alguns pais que ouvi há alguns anos dizer que, o que queriam para os seus filhos era que fossem jogadores de futebol
De zeka a 27 de Fevereiro de 2010
pois... em situação semelhante, com jovens licenciados desempregados, para o mote do formador "quais os factores de sucesso para uma nova actividade/serviço/empresa?", a solução era óbvia:

- tudo alta mente griff ado!

fato, camisa, gravata, óculos, perfume, sapatos e... montando uma bela máquina (BM/Audi/MB)

De Maria Brojo a 26 de Fevereiro de 2010
Marta - assertivas reflexões. Ponto, a ponto, acertou em todos os alvos. E o que diz ser a sua "ligeira impressão" é certeza minha. Precária, como o tempo, tantas vezes!, demonstra.
De António a 26 de Fevereiro de 2010
quanto aos magníficos "retalhos" da nossa vida, ofereço um sinalzinho de esperança

foi ontem lançado um portal informativo e estatístico de grande interesse:

http://www.pordata.pt/azap_runtime/#

esta base de dados foi lançada ontem e parece muitíssimo interessante e bem organizada, com toneladas de informação sobre Portugal !

pode ajudar a tornar mais informadas muitas conversas e análises, sem prejuízo de discussão e divergências em termos de pontos de vista!!

crédito do terceiro sector, dos seus mentores e dos seus autores, oxalá funcione e seja bem utilizada !!!

;_)))


De Maria Brojo a 26 de Fevereiro de 2010
António - ontem mesmo, tive notícia dele. Fiquei fã. O manancial de dados, logo no trabalho matutino e por caso dele, entusiasmou-me. Utilizei-o de imediato. Não me desiludiu.

Oportuna divulgação, a sua. Ao integrá-lo nos meus favoritos como ferramenta, seria improvável ocorrer-me publicitar o mérito que (pres)senti.
De zeka a 26 de Fevereiro de 2010
Que feli cidade ;-)

81,7
Esperança de vida à nascença
(Mulheres, 2006-2008)

75,5
Esperança de vida à nascença
(Homens, 2006-2008)

Vá-se lá (aonde?) saber porquê

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds