Quarta-feira, 19 de Maio de 2010

SIM ÷ NÃO = NIM

Eric Zener

 

O Presidente excluiu de atitude sensata veto ao diploma que passa a regular o casamento homossexual. Alegou balbúrdia, ruído na sociedade, notícias que distraíssem os portugueses das recentes verdades azedas. Com o ‘sopas talvez’ presidencial, gajinha como eu, fica indecisa:

_ Defende o povo, ou defende-se ele?

 

Vá a cidadã entender o porquê, até que nem era assim antes de Cavaco: confiança inerente ao comandante supremo dos regimentos militares e sociais. Adiantar condicionamento pelo laranja vigente é ocioso: entre rosa e setas, a diferença in factum não é por aí além. Valores outros se interpõem: constrangimentos, desde cedo, enraizados no espírito. Laivos de ‘pré-conceitos’ por abater? _ Possibilidade, uma. Há mais.

 

E a mulher, livre de «nins» intercalados na matriz – tudo ou nada como princípio e fim da helicóide –, odeia o recomendado por manual oposto às convicções. Se Cavaco aprovou o que reprova, atrevo julgamento arrogante, contrário à pequenez que me reconheço: não maiúsculo decisório impunha-se. Resposta única. Independente dos ratings e pressões que não exclusivas da consciência.

 

Quão pequeno e engoma-trapos vai Portugal!

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 07:07
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
4 comentários:
De marta a 19 de Maio de 2010
.....embora não seja nenhuma justificação, Cavaco Silva não gosta que o 'obriguem'
e tal como disse, iria ser obrigado no prazo de oito dias a promulgar a dita lei.
De jotaeme a 19 de Maio de 2010
Olá Teresa: Podemos comparar com outro cenário: Um policia vê um Ladrão a roubar , e pensa: "Para que me hei-de incomodar a correr atrás do gatuno se ele depois passadas umas horas volta cá para fora outra vez? Então mais vale fazer de conta que nada vejo!
O presidente Cavaco Silva, assim o fez, mas eu meu entender mal! Toda a gente percebeu a sua posição pessoal, mas se a consciência de timoneiro o impelia a rejeitar e vetar este projecto lei, fazia-o e depois esperava pela volta...assim é que deve ser por muito que nos custe!
Claro que o polícia tb. deve prender sempre quem prevarica sem pensar nos epílogos mais ou menos anunciados!
Querida Amiga, apanha estes raios de Sol que nestes dias por cá andam...sem cinzas no ar!

Jorge
De António a 20 de Maio de 2010
pois que subscrevo inteiramente a mensagem do post

contrariado, raivoso e de mau perder, o Cavaco não lhe ocorreu dar salvas por uma medida que põe termo a uma pequenina parte da discriminação existente

e além do preconceito, revela também a hipocrisia de ter esperado pelo fim da visita do Papa, no cálculo dos prazos legais

;_(


De Ana a 20 de Maio de 2010
Gosto de viver num país que luta por ter menos proibições.
Agora, que sentirá essa minoria quando reparar que a maioria que tem tido acesso ao casamento, por diversas razões até por amor, não comprova que seja o casamento a unir as almas pares?
De Cavaco…está entendido o que sentiria Cavaco quando pensou dizer o sim…;)))

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds