Quinta-feira, 3 de Junho de 2010

CALENDÁRIOS? DANEM-SE!

Marian Fanny

 

Quanto tempo sem calcorrear a Andaluzia onde nasceu o poeta António Machado! Quanto tempo sem apetite de regresso a Spaña! Talvez a Galícia quebrasse o engulho porque continuação do Minho e Trás-os-Montes dos meus amores andarilhos. Enquanto o desejo não cresce e impera, fico-me em rotas outras, simples, pequenas. Adio ida e volta até à impossibilidade de prescindir da bruma, das enseadas frias e da parrillada de frutos do mar no restaurante pequeno do outro lado da margem de Caminha. A poente, fronteira atlântica que a lua governa nas marés cheias e vazias. Proíbo-me Vigo e as urbes de nomeada dele para cima _ mais espero que arquitecturas e esculturas e praças com redondéis. Talvez uma aldeia, talvez abrigo isolado numa falésia; sempre aroma de maresia e oceano com gelo diluído.

 

Evitar Moledo mais os figurões: políticos, aristocratas, gentes que de si dizem bem-nascidas. Afinal, inquilinos alojados em divisões esconsas e gastas pertença de famílias que da pesca e dos ganhos estivais constroem Inverno/estação e fim de vida. Prefiro a rudeza nua duma casa simples, testemunhar redes dependuradas ou estendidas em areias curtas, as cortiças furadas que as bordejam, a azáfama de gentes simples a que me assemelho dia-a-dia mais um pouco, como se alguma vez diferença tivesse existido.

 

Num feriado/ponte em que Vale de Lobo, algarvio e sem custos, foi rejeitado a favor de modorra terna, é a serenidade que regressa. Dia segundo de Junho foi passado. A partir dele, volveu a bonomia. Hoje é Dia da Mulher Feliz, amanhã, de igual modo, viverá o Dia da Criança. Calendários? Que se danem!

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Sugestão de Veneno C., mote do meu andar:

 

- “Caminante, son tus huellas / el camino y nada más; caminante, no hay camino, se hace camino al andar./ Al andar se hace el camino, y al volver la vista atrásse ve la senda que nunca se ha de volver a pisar./ Caminante no hay camino/ sino estelas en la mar.

 

publicado por Maria Brojo às 10:19
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
10 comentários:
De -pirata-vermelho- a 3 de Junho de 2010
Então não era para continuar fazer cinema?

(olh'as surpresasqu'esta nos dá!)



(q'remos lá saber se o Vale do Allgarve era sem custos... )



(às tantas há modas de beira mar portuguesinho mais trendy -gosta?- que outras, não?!)
De Maria Brojo a 6 de Junho de 2010
Pirata-Vermelho - bem «postado»!
De António a 3 de Junho de 2010
dia 1 - seja a poesia do tempo a medida!

dia 2 - para sempre!!

dia 3 - a propósito de caminhos, este é ano xacobeu (São Tiago celebra-se ao domingo, 25 de Julho!!!) e o tema é merecedor de regresso Itinerante ;_)))


De Veneno C. a 4 de Junho de 2010
Este «xacobeo» não consegue ser esmiuçado pelo meu «bi tri olo» carago (o antigo nome do ácido sulfúrico era Zayt al-Zaj, ou óleo de vitríolo, cunhado pelo alquimista medieval iraniano Jabir ibn Hayyan).
Estes mouros estão mesmo a precisar que o santo volte a tomar caminho para aquelas bandas.
O programa (http://www.xacobeo.es/) promete.
De António a 5 de Junho de 2010
consegue, sim

bem hajais

;_)))
De Maria Brojo a 6 de Junho de 2010
António - registei 1, 2 e 3, E volvo às itinerâncias, fragilidade minha e constante.
De Veneno C. a 3 de Junho de 2010
Fitas - Felicidade sob/sobre 3 formatos. Caminha lá no Minho. Caminha lá na rua. Caminha lá no quarto. Qu'a minha dá p'ra isso tudo.

Se ser feliz é não ter de trabalhar... cada vez há mais por aí e arredores. E já que andam fitas por aí... esta (http://www.adorocinema.com/filmes/entre-os-muros-da-escola) teve Palma d'Ouro

Calendário (http://www.youtube.com/watch?v=SbYW38g34Co), sim, sabroson (http://www.youtube.com/watch?v=1V2dusiZh70) pela noite fora...
De Maria Brojo a 6 de Junho de 2010
Veneno C. - deambulei nas sugestões. Regressarei com mais tempo ao "Entre les Murs".

Ignorava os "THE LEBRON BROTHERS". Quelle merveille!

Da Moreau, lembrei:
"Si, la nuit, l'angoisse me prend
Le grand départ, je l'imagine
Je m'effraie comme les enfants
Je me penche sur ta poitrine."
De Veneno C. a 7 de Junho de 2010
Então, que o regresso valha a pena.

Da Moreau, estas também assentam

errante du coeur (http://www.youtube.com/watch?v=w1ISXp5xOe8&feature=related")

"Errante du cœur
Toujours voyageuse
Chargée de bagages
Beaucoup d'excédents
Couverte de fleurs
Souvent amoureuse
Tous mes paysages
Sentent le printemps

Errante du cœur
Bonjour, au revoir
Mais entre les deux
Des mains qui se serrent
Un peu de bonheur
Un peu de savoir
Des rires joyeux
Des jeux dans la mer

Errante du cœur
Les étreintes douces
Les grands lits pillés
Regards éperdus
Rencontres et peurs
Et coule la source
Corps déshabillés
Épaules mordues

Errante du cœur
Mais les larmes coulent
Nuits de solitude
Les non, les refus
Perdues les saveurs
Souvenirs en foule
La longue habitude
Des visages nus

Errante du cœur
Douce bête folle
Qui t'épinglera
Comme un papillon
Pleine de liqueur
Forte qui m'affole
Je resterai là
Loin du tourbillon

La la la la la
La la la la la
Je reconnaîtrai
Enfin ta prison"

De Maria Brojo a 7 de Junho de 2010
Veneno C. - recolhido. Tema de crónica. Merci bien.

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds