Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

RATOS, MORCEGOS, MEXILHÕES & ET CETERA

Jim Warren

 

Já foram ratos e morcegos. Linces e bicharada vária. O sapal do Tejo. Os golfinhos no Sado. As escritas nos rochedos pré-históricos de Foz Côa que continuam subaproveitadas.

 

Quando empreendimento gesta num ateliê, quando maqueta ergue a probabilidade, quando à tona das notícias arriba o novo, o alto do Restelo enche-se com «velhos» de qualquer idade. Contra mim rabisco por deles ter aumentado o número a propósito da, então possível, Ponte Vasco da Gama. Desfraldei a bandeira do sapal e a nidificação e as espécies serem danadas pela travessia em betão. Hoje, fruo-a e agito o ridículo da minha suspeita e vaidade pelo julgado bem pensar ecológico. O sapal está vivo, de boa saúde, as aves chocam ovos, a ponte serve os propósitos iniciais, é linda e novo ex-libris de Lisboa oriental.

 

Agora, é um mexilhão-de-rio a norte do Beça que impede o projecto da barragem de Padroselos vir a ser inserido na Cascata do Alto Tâmega. Os bivalves de água doce em Boticas são obstáculo epistemológico que o Ministério do Ambiente – com frequência, nem dele sabe ou quer saber - alegou para reprovar a contenção do rio Beça.

 

O zelo pela biodiversidade deve contrariar a crescente extinção diária de espécies. É-lhe exigido ver longe e assentar em dados sérios. Um só estudo de impacto ambiental como fundamento da decisão, é miopia. Especialistas temos muitos. Aproveitar-lhes os saberes, confrontar resultados, decidir após é prudente. De assinaturas por cruz em cima dos joelhos, estamos fartos.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 07:24
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds