Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

MISTERS RIPLEY À PORTUGUESA

Boris Valejo, Dave Nestler, Giovanni

 

A criminalidade portuguesa é sazonal. No tempo de Outono e Inverno, carteiristas, assaltantes convenientemente apetrechados com armas de fogo ou lâminas cortantes, violadores, agressores domésticos, entusiasticamente, retomam funções. Dias pequenos e cinzentos, desemprego, mais tempo entre paredes gastas, o tédio doméstico, ausência de educação do gosto ou condições para um concerto ou uma exposição, propiciam conjugações delinquentes. No bairro, os cafés e as esquinas acoitam vendedores de químicos proibidos e más intenções. As tertúlias duram e continuam após o sol-posto. Cozinhados de Misters Ripley à portuguesa. Como os personagens de Patricia Highsmith sem punição oficial condizente.

 

No Estio, amainam as especialidades delinquentes da época fria do pousio nos solos. A saison é inaugurada por incendiários deliberados ou ocasionais. Não merecendo a classificação de crime, o ‘espreita’ dos voyeurs entra em alta. Binóculos assestados, ocultos pelas dunas, fazem zoom à lascívia que adivinham nos areais. Valem os chorões que lhes dificultam o rastejar do corpo e do espírito. Porém, cedo terão percurso mais desimpedido. Tratadores da natureza declaram os suculentos chorões praga a combater, a sacar pela raiz, porque glutões dos nutrientes das espécies que salvaguardam a estabilidade das dunas litorais. Planta invasora e também criminosa, exportada do Cabo, África do Sul. Triste fim para um verde que dá flores mimosas e colorido à beira-mar. O pecado da gula raro ou nunca acaba bem.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:02
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
25 comentários:
De -pirata-vermelho- a 19 de Agosto de 2010
Desculpe - Ripley só há uma, para a História - a Sigourney Weaver em cuecas na nave de recuperação.

De Maria Brojo a 19 de Agosto de 2010
Pirata-Vermelho - Ellen Ripley, sim de boa memória nos Alien. Mas não gosta da Patricia Highsmith ou do Mr. Ripley em particular?
De -pirata-vermelho- a 19 de Agosto de 2010
...e eu sei lá quem é Mr Ripley!?

Nunca a li.
De perseu a 19 de Agosto de 2010
Mr Ripley foi um piloto da Royal Air Force que foi abatido em 1917 por Von Richtofen,mais conhecido pelo Barão vermelho.
De Anónimo a 19 de Agosto de 2010
Fala o lider (verdade ultra Carteziana!):

«Patricia Highsmith é a grande criadora do romance policial psicológico e Tom Ripley é o personagem de referência da sua obra, um dos mais "negros" do policial do pós-guerra, "um homem que não reconhece a culpa em qualquer circunstância", segundo as palavras da escritora. Por isso ela lhe dedicou toda uma série de livros, que começa justamente com "O Talentoso Mr. Ripley" , mais uma vez adaptado ao cinema, agora pela câmara de Anthony Minghella. Aliás, a obra da autora desde cedo apaixonou os cineastas. O seu primeiro romance, "O Desconhecido do Norte-Expresso seria adaptado por Alfred Hitchcock.
Outros se lhe seguiram, fascinados por Ripley: René Clement e Wim Wenders. Ripley é um homem vulgar, que quer sair da América. A oportunidade surge quando o Sr. Greenleaf, seduzido por uma sua prestação ao piano, enganado por um casaco da Universidade de Harvard (Ripley é muito bom a imitar, a manipular, a disfarçar), o convence a ir à Europa e trazer-lhe de volta o filho, que vive em Itália uma dolce vita, com a mesada que o pai lhe manda todos os meses.
Ripley torna-se amigo de Dickie Greenleaf e da namorada deste, mas numa discussão violenta acaba por matá-lo e assumir a sua identidade. E a partir deste momento, o perigo, o inesperado, o medo, mas também uma frieza e um calculismo extremos perante a morte, passam a fazer parte do quotidiano de Ripley, que, no entanto, é capaz de se comover e nos comover, ao assistir a um espectáculo de ópera.»

Cavadelas tendem a continuar em altos voos ... (http://www.youtube.com/watch?v=pG5dzybHgTo)

De perseu a 20 de Agosto de 2010
Nem todos t~em o previlégio de saber a arte de pilotar um avião.
Õ que não deslustra de modo algum o seu manifesto conhecimento em ouras matérfias.
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Privilégio? O de aprender o que lhe é ensinado. É a vida...

Arte? Verdade? Por ser visível? Ah... não tinha pensado nisso ;-)

O ar romântico também ajuda muito, claramente (http://www.youtube.com/watch?v=JgGGuWQUkjs&feature=related")

Take care! (http://www.youtube.com/watch?v=qwlpn3PXQsM&feature=related)
De perseu a 20 de Agosto de 2010
Alem de ser o eximio esgrimista da palavra,que a aprendeu em douta Academia.

Sabe pilotar um avião de combate?
Acredite que é uma aprendizagem muito dificil!

Com muito sincera admiração pelo seu saber carissimo Anónimo.
Albatroz

De -pirata-vermelho- a 20 de Agosto de 2010
'tás a ser abonado na zona dos paus...
manch'à barriga e toc'andar!
porque não vejo qualquer 'eximiatura' no atirador
De perseu a 20 de Agosto de 2010
Yes líder!
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Have you been there (http://www.youtube.com/watch?v=Jiw27pXIXRA)?

Wish you good luck (http://www.youtube.com/watch?v=j72SpqpgIgg&feature=related)!
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Isso já muda de figura - Um avião... é coisa vulgar, até vai de 'piloto automático'. Há dias fui co-piloto dum Cessna, e a chuva enxarcou-me as sandálias ;-(

Quanto ao combate, se for a sério, prefiro apostar noutras artes em que todos vivam e ganhem com a causa em luta (ou com a luta em causa).

Não AlvoAtroz!

PS - São admiráveis. Depois de descer (inteiro) do Cessna... fomos vê-los de perto (http://www.youtube.com/watch?v=gKTfcs6LL6A&feature=related)

De -pirata-vermelho- a 20 de Agosto de 2010
Ena cum carasssas! Qu'aventura...


Nem que me pagassem.



Com'é que conseguiu molhar as sandálias, mnina?
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Porque só o motor é que era novo e o ar não era condicionado... entrava por todos os lados livremente (http://www.youtube.com/user/cmteroberto4#p/a/f/1/K5JcJ6nw6dI)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Há quem veja isso doutro ângulo...

«Enfim, enfim!! Os deuses dos ares, dos ventos e tempestades, Thor, Fujin, Boreas, Aeolus e os demais afinal se apiedaram deste mortal preso ao chão e permitiram meu vôo.

Então vou aproveitar esse espaço gratuito para comentar uma de minhas grandes dúvidas ao iniciar este curso: Será que minhas muitas horas de vôo em simuladores civis e de combate iriam me ajudar no processo de aprendizado? Ou será que atrapalhariam?

A resposta para essa questão é simples: Se o piloto tiver o QI maior do que de uma ameba em estado terminal, o simulador ajuda muito. Se o incauto for extraordinariamente denso (em português claro, uma besta!) ele pode se confundir com a sensibilidade diferente, etc.»
De Maria Brojo a 21 de Agosto de 2010
Perseu - Ripleys há muitos, quase tantos como bonés.
De perseu a 19 de Agosto de 2010
Desgraçadamente Teresa estou em contraditório consigo.
Não é sazonal a criminalidade portuguesa,é uma constante diária em crecendo.
Duzentos mil portugueses estão na fronteira da fome, 1o.8% da população activa está desempregada.
Olof Palm dizia que a estupidês do capitalismo gerou a monstruosidade comunista.
O capitalismo português está a gerar marginalidade.
Não é demagogia Teresa,é uma verdade Carteziana.
De Maria Brojo a 19 de Agosto de 2010
Perseu - 'verdades' há muitas, sendo que é exíguo o número das verdades verdadeiras. Cartesianas ainda menos, digo eu...
De perseu a 19 de Agosto de 2010
Os axiomas são verdades,o oxigénio é uma verdade,o calor é uma verdade ,o ser humano é uma verdade,tantas coisas são verdade.
O aqui e agora é verdade.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Os axiomas são verdades,o oxigénio é uma verdade,o calor é uma verdade ,o ser humano é uma verdade,tantas coisas são verdade. <BR>O aqui e agora é verdade. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Tiudo</A> o que é visivel e sensivel é verdade.
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Por isso... a cada um sua verdade ;-)

Visível = verdade, para os não cegos?
Sensível = verdade, não para os insensíveis?

Pista = verdade, quando não há nevoeiro?

Voar = arte, não para os pinguins?
De perseu a 20 de Agosto de 2010
Mais "mauzinho"que a cobra do café...
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Mauzinho? - Toma para o
[Error: Irreparable invalid markup ('<a href"http://inversu.com/os-16-pratos-mais-repugnantes-do-mundo/">') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Mauzinho? - Toma para o <a href"http://inversu.com/os-16-pratos-mais-repugnantes-do-mundo/"> jantar!</a>

Para um 'caça' deve ser 'canja'...)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Falhou... - lá vai de novo
[Error: Irreparable invalid markup ('<a href"<http://inversu.com/os-16-pratos-mais-repugnantes-do-mundo/>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Falhou... - lá vai de novo <a href"<http://inversu.com/os-16-pratos-mais-repugnantes-do-mundo/> peqº almoço, almoço & jantar"</a>
De Anónimo a 20 de Agosto de 2010
Qu'a gun encravou! - p.almoço, almoço, merenda, jantar & ceia (http://inversu.com/os-16-pratos-mais-repugnantes-do-mundo/)

(ração de combate
De Maria Brojo a 21 de Agosto de 2010
Perseu - verdades sensíveis e visíveis. Essas, sim!

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds