Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

ÂNGULO LIMITE NUM COPO DE RISO

 

A cegonha, qual bússola tresloucada, desdenha o Norte e do Sul quer saber. Nele, a refracção da luz pela diferente refrangência dos meios quebra a estaca direita. Revela o ângulo limite que antecede o raio luminoso rasante com o espelho fluido, ténue na imagem à direita do objecto imerso. Além muito, a estrela-do-mar era vida.

 

 

Os frutos do mar vazios secaram no algodão. Parte de saco, assento ocasional quando os pés sentem os quilómetros palmilhados, azul sobre azul, azul sobre areia molhada.

 

 

E no regresso, já o sol e a cegonha apontavam a tarde, a mulher celebrava com um copo de riso a maré cheia de beleza. Dispôs-se à partilha do mundo das pequenas coisa e manias com quem delas, justamente, nada espera ou limporta saber.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:54
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
29 comentários:
De jotaeme a 27 de Agosto de 2010
Teresa: Recolheste todo este "espólio"? Sim senhora, grande colecção! Tens arte e engenho para estes lavores! Desde que não aparareça um tubarão pelo meio! Isto é que se denomina, contacto pleno com a Natureza! Atenção ao Ambientalistas...nunca se sabe!
Um bom dia para a minha Amiga!
De Maria Brojo a 29 de Agosto de 2010
Jorge - não fui muito cortês com o ambiente, sei. Mas de vale alguém se vez rara não transgredir o espírito 'eco'? Noutras áreas, transgressão é terço desfiado com fé e prazer.

Bom dia querido Amigo!
De Acúçar C. a 27 de Agosto de 2010
O meu copo de riso:

HOSPITAL PSIQUIÁTRICO - O teste da banheira.

Durante a visita a um hospital psiquiátrico, um dos visitantes perguntou ao director:

- Qual é o critério pelo qual vocês decidem quem precisa ser hospitalizado aqui?

O diretor respondeu:

- Nós enchemos uma banheira com água e oferecemos ao doente uma colher, um copo e um balde e pedimos que a esvazie. De acordo com a forma que ele decida realizar a missão, nós decidimos se o hospitalizamos ou não.

- Ah! Entendi. - disse o visitante. Uma pessoa normal usaria o balde, que é maior que o copo e a colher.
De Acúçar C. a 27 de Agosto de 2010
Acharam balde, copo ou colher?

Não acharam?

Então, aqui vai a receita completa! (http://www.oswaldbarroso.com.br/arquivos/orisobrincante.pdf)
De Maria Brojo a 29 de Agosto de 2010
Acúcar C. - quanta substância! Irei degustar o petisco que, generosamente, me serviu.
Obrigada.
De Maria Brojo a 29 de Agosto de 2010
Açúcar C. - ora bem! Entendi e renovei o copo de riso.
De Veneno C. a 28 de Agosto de 2010
Passou do limite - O ângulo que aqui prevalece é no limite tresloucado. Pobre cegonha tão mal entendida. As bem tratadas têm bom acolhimento no Norte. Tal como a refracção da luz. Assim, a estaca quebra em qualquer banda, até na desenhada. E as imagens, ténues ou nem por iso, também se formam à esquerda e a toda a volta. Que está perdoada. Refratariamente.

Mais vale fazê-la desaparecer (http://www.youtube.com/watch?v=L26g5_mQ3II&feature=related)
De Maria Brojo a 29 de Agosto de 2010
Veneno C. - ângulo tresloucado? Nem um pouco. Cientificamente correcto, perfeito como o documento junto faz constar.

Acedi ao vídeo - bem apanhado, conquanto falte detalhe importante.
De Veneno C. a 29 de Agosto de 2010
Venenum dixit - O ângulo que compara cegonhas a bússolas tresloucadas é isso: tresloucado.

Nele (Norte ou Sul?) a refração faz-se sempre de acordo com a lei. Qual documento? A fotografia?
O que é que revela o 'ângulo limite'? Há 'reflexão total'? Não se vê...
Ora veja... (http://www.colegioweb.com.br/fisica/reflexao-total) e se não vê poderá ser miragem? (http://educacao.uol.com.br/fisica/ult1700u38.jhtm)
Aqui está mais explicadinho... e veja se descobre o 'gato'? (http://www.seara.ufc.br/sugestoes/fisica/oti14.htm)

E qual é o detalhe importante que falta no vídeo? Gostava de saber...
De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Veneno C. -

1º - cegonhas: bússolas tresloucadas porque no lugar são muitas e apontam, com o bico, locais diversificados, em plena indiferença para os pontos cardeais;

2º - a relexão total é visível na fotografia. Se atentar na zona da estaca quebrada pela refacção, seguindo o ténue feixe de luz que dali parte para a direita (parece sombra mas não o é) aí está bem delimitado o ângulo referido.
Aliás, na sua última sugestão de consulta, o assunto está claro e reproduz o que se passa nas fibras ópticas - luz ultrapassa o limite e é refectida sucessivamente.

3º - no vídeo da moeda, o detalhe em falta é suprimir a banda opaca. Fosse ela tirada e não haveria mistério para ninguém.

De Veneno C. a 30 de Agosto de 2010
1º O que tem a ver o Sul (ou o Norte) com o ângulo limite?
2º Na imagem à direita do objecto imerso, vê-se ténue o ângulo limite? Não creio. Mesmo que seja na imagem à esquerda (na foto da direita) o que se vê é a sombra da estaca no fundo onde está espetada. Se aquela sombra fosse (também) o ângulo limite da água salgada... como se mede e quanto mede aquele ângulo? Nem que seja só por aproximação...
Tente fazer o diagrama num papel e verá que não tem o mínimo sentido. Veja que os raios emitidos pela estaca vão em todos os sentidos e não apenas naquele e que o que conta é a posição do observador (máquina fotográfica). Volte ao local e tire mais fotografias (de manhã, ao meio-dia, à tarde).
Não descobriu o 'gato'...
Quanto ao caso da fibra ótica, claro... mas não se verá qualquer imagem porque o raio não sai do meio em que encontra e por isso não chega ao observador.
3º No vídeo da moeda, a moeda é visível mesmo com a banda opaca colocada... desde que não tenha água.
O que se quer mostrar (e vê-se perfeitamente!) é que a refração vai desviar a imagem da moeda para uma posição mais abaixo... e se a quisermos voltar a ver teremos que nos colocar num ponto mais acima (ou retirar a tal banda).
Haja luz
De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Veneno C. - o Sul e Norte tem a ver com as cegonhas, as tais bússsolas tresloucadas.
Quanto à putativa sombra enganadora não é possível: a estaca estava iluminada de frente e a sombra seria visível do lado oposto à câmara. Assim não sendo, o sol não emite fotões em marcha linear, mas encarreirados em curvas e contracurvas. Irrealidade científica, não lhe parece?
No vídeo, desculpe-me a ousadia, mas a banda opaca é truque fácil demais. Porque densa, a moeda foi ao fundo e, por via da refracção, estaria num nível superior, mas visível.
De Veneno C. a 30 de Agosto de 2010
Pois... mas então escreveu "Nele, a refracção da luz pela diferente refrangência dos meios quebra a estaca direita."

Também escreveu "A cegonha, qual bússola tresloucada, desdenha o Norte e do Sul quer saber."

1º - A estaca não está iluminada de frente mas da direita. Nota-se perfeitamente e vê-se bem a zona menos iluminada na parte esquerda da estaca. O teste 'do algodão' aparece no topo da estaca (tubo), onde a a sombra do topo direito se projecta na parte interior esquerda bem iluminada. Os meus olhos (ainda) não me enganam (como egana a fantasia?).

2º - A banda opaca não é truque. É meio limitador do plano de visão do observador. Sem ela, a moeda será sempre visível, com água ou sem água. Não há qualquer mistério, há uma constação visual.
A moeda, mais ou menos densa, não importa, está sempre poisada no fundo. Ao acrescentar água, a refração desvia a imagem da moeda para baixo, acredite. Experimente! Repare na deformação para baixo provocada na borda da mesa (linha separadora branco-vermelho).
Não queira com a sua ousadia pôr também em causa o Centro de Ciência Viva de Sintra ( não vão gostar! (http://www.cienciavivasintra.pt/) e trate de publicar a sua proeza na Science & Nature ( vão gostar? (http://www.smithsonianmag.com/science-nature/)

3º - Quanto à irrealidade científica (dos fotões emitidos pelo sol em marcha linear ou em curvas e contracurvas?) poderá ser tema para um próximo post ??

renda-se! (http://www.youtube.com/watch?v=TgUehhP37SY&feature=youtube_gdata)
De Veneno C. a 30 de Agosto de 2010
Aproveitando para corrigir 'egana' e 'constação' com 'engana' e 'constatação' fica a letra da 'rendição' ;-)

Entre sombras misteriosas
em rompendo ao longe estrelas
trocaremos nossas rosas
para depois esquecê-las.

Se o meu sangue não me engana
como engana a fantasia
havemos de ir a Viana
ó meu amor de algum dia
ó meu amor de algum dia
havemos de ir a Viana
se o meu sangue não me engana
havemos de ir a Viana.

Partamos de flor ao peito
que o amor é como o vento
quem pára perde-lhe o jeito
e morre a todo o momento.

Se o meu sangue não me engana
como engana a fantasia
havemos de ir a Viana
ó meu amor de algum dia
ó meu amor de algum dia
havemos de ir a Viana
se o meu sangue não me engana
havemos de ir a Viana.

Ciganos, verdes ciganos
deixai-me com esta crença
os pecados têm vinte anos
os remorsos têm oitenta

De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Venenon C. - com este argumento não científico me cala pelo bom gosto e beleza do poema.
Não me perdoa gralhas apressadas, está visto! Ainda bem, aumenta-me a concentração na escrita.
De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Veneno C. - me seja perdoado o «n» a mais no seu nick.
De Veneno C. a 30 de Agosto de 2010
Perdoar não sei - Nem às minhas teclas. O veneno é mais forte... Por isso corrigi. Preferia desemprego evd mau emprego. Combato os remorsos. Vivo dos pecados. Serei perdoado? Cantarei...

Cantarei até que a voz me doa
Pra cantar, cantar sempre meu fado
Como a ave que tão alto voa
E é livre de cantar em qualquer lado

Cantarei até que a voz me doa
Ao meu país, à minha terra, à minha gente
À saudade e à tristeza que magoa
O amor de quem ama e morre ausente

Cantarei até que a voz me doa
Ao amor, à paz cheia de esperança
Ao sorriso e à alegria da criança
Cantarei até que a voz me doa

até que a voz me doa... (http://www.youtube.com/watch?v=5IfhsMWcj5s)

De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Veneno C. -
1º - não me rendo, pelo visto em perspectivas várias.

2º - e limitar o campo visual do observador não é comum prestigiação?

3º - desafio aceite, se possível para amanhã.
De Veneno C. a 30 de Agosto de 2010
1º - Faz mal... é obstinação infrutífera. Ângulo limite não tem perspectivas nem se fotografa. Peça júri ;-)

2º - Claro que não... é forma de tornar insofismavelmente evidente o que poderia não ser aceite pelos menos convencidos.

3º - Cá estaremos para 'ver' e rebater (se necessário)

De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Veneno C. - vou investigar, prometo. Amanhã cá estou para as suas contestações.
De perseu a 29 de Agosto de 2010
Tubarões?É bem possivel!Para nosso mal as águas do Atlântico estão a aquecer em crescendo.
Quanto à rarefração luz tem muito que se lhe diga,é preciso saber BEM matemâtica e fisica,não basta saber manipular o teclado e juntar palavras.
É bom falar do que se sabe.
Ou então seguir o sábio conselho de sua Magestade El REY DE ESPAÑA.
De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Perseu - please, tem a gentileza de me informar sobre o conteúdo desse sábio conselho?
De perseu a 30 de Agosto de 2010
Pois aí vai:
Disse Sua Magestade ,El Rey de España,depois uma cretina intervenção de Hugo Ghaves,
PORQUE NON TE CALLAS?
Claro que isto se aplica a certo comentador com uma patologia,ainda que embrionária,do conhecimento total e absoluto.
Tanta persunção e ignorancia nunca eu tinha observado,nem na opera bufa.
A Academia das Ciencias está a perder um lente.
De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Perseu - obrigada pelo esclarecimento.
De novo, digo: não rotule ou especule sobre comentadores.
De Anónimo a 30 de Agosto de 2010
O líder dixit - Majestade (con jota) de Espanhhhhhhha disse "Por qué no te callas" a Hugo Chavezzzzzzz e "se aplica tambien a tales chisporreos".

Já em português vernáculo, Pina Manique terá escrito aquela famosa carta ao Duque de Cadaval, Corregedor-Mor da Justiça do Reino.

De Anónimo a 31 de Agosto de 2010
Realmente... - Há quem nem saiba falar direito de que pretendem outros falar. Ou as teclas (às vezes?) ficam meio surdas... 'Rarefração' da luz será uma fração rara da dita que ainda anda a ser estudada desde o tempo do homo sapiens já então preocupado com a falta da mesma lá no fundo das cavernas (http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:A.afarensis.jpg)

PS - Como viram, EL REY andava nu (mas era bem peludo)
De Anónimo a 31 de Agosto de 2010
Uma boa oportunidade p'ra quem só pensa em altos voos... (http://news.yahoo.com/video/dallascbs11-15750646/fighter-jet-for-sale-21658755)

(PS - antes só...)
De perseu a 30 de Agosto de 2010
Desculpe a ousadia Teresa,mas este comentador deveria ser considerado o melhor "Non Sense"do seu blog.
De Maria Brojo a 30 de Agosto de 2010
Peseu - ainda bem que não faço a menor ideia do comentador a que se refere por se ter dirigido a mim esta intervenção. Por favor, não se explique melhor.

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds