Quarta-feira, 3 de Novembro de 2010

LINCHAMENTO/'LIXAMENTO'

 

Barbara Philips, Sorayama, autor que não foi possível identificar

 

Gosto péssimo aquele de armadilhar, explosivamente, cartas. O carteiro já não toca duas vezes, as novas que entrega encobrem publicidade ou facturas ou comprovativos do pagamento das mesmas. Cartas de amor rareiam – e-mails e sms e telefone fazem, sem fazer, as vezes. Quando o motorizado pelos CTT chega, adeus alvoroço, olá coração na corda bamba. Até agora.

 

De há anos conhecida, quem diria retomada a moda das bombas encartadas?!... Na Grécia, consulados e embaixadas miram e remiram o correio, aceitando com cautela e caldos de galinha apenas o diplomático. Pepineira que após ataques infrutuosos a conhecidas representações, também, por medo, esvaziou de gentes solo português num apartamento de Atenas. ‘Foi-se a ver’ e não era nada. Ainda bem. Regressaram às secretárias os secretários, e dealbando em casa houveram extraordinário para contar. Dia cheio.

 

Não se me dava armadilhar, com esmero, correspondência. Endereços constantes de lista pequena – a selectividade prova e aguça engenho. Química tenho, a par de meios bastantes e reagentes em dose suficiente. Fiquem os destinatários descansados pela omissão do indispensável: _ tempo. Mas rói a vontade de ver em chamas papelada sem pensamentos, a ponta da gravata, quiçá!, dos fardados para o linchamento/’lixamento’ público. Mas que não se dêem ao trabalho de enfiar equipamento defensivo e de ataque às polícias especializadas em minas e armadilhas, GOEs ou similares. Aberta a carta, pó de talco – do genuíno – cobriria de alvura figuras, figurinhas e ‘ões‘ que, há muito, solicitam ao Altíssimo branqueamento.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:07
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds