Sábado, 6 de Novembro de 2010

DEGELO PATRIÓTICO

Autor que não foi possível identiicar

 

Não reúne condições para Marilyn do XXI. Ser morena quando é preciso em nada influencia: também assim nasceu a Monroe. Em falta, o ar e verdade inocente duma mulher mítica, desde Setembro em livro com imagens desconhecidas captadas por John Vachon. Exposta rapariga de vinte e sete anos, deslumbrante, na privacidade que Hollywood sugaria.

 

Não é Mata Hari ressurgida século e pouco depois. Sedutora como ela, conquanto sem idêntico sucesso na obtenção de segredos ‘classificados’, deitada ou de joelhos ou em pé ou estrelando nos salões pelo exotismo bailado. Corria a I Grande Guerra e estórias e historietas e lendas, mais a morte prematura como a da Marilyn, esboçariam, da mulher, quimera. Mas Anna Chapman foi hipótese de espia que, há meses curtos, os Estados Unidos expulsaram. Vinte e oito anos. Nome de registo trocado, jovem e bela como a Monroe e a Hari. Estrelou como executiva bem-sucedida em Moscovo e Nova York.

 

Anya Kushchenko ou Anna Chapman, pela exposição mediática em dose maciça a que não resistiu, falhou na espionagem, mas logrou aquecer o frio dos concidadãos – poses arrojadas em vídeos e revistas masculina. A última, na Maxim esgotada nas bancas russas. Faltando provas da actividade como agente secreta, acabou condenada nos U.S.A., sem honra ou glória, por lavagem do metal que, há muito, deixou de ser vil. O presidente Dmitri Medvedev condecorou-a (do mal o menos para a Anya!); com ela os compatriotas esquecem o gelo. Patriótica acção.

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 11:01
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
12 comentários:
De perseu a 7 de Novembro de 2010
Marilyn foi,contráriamente a Mata Hari,uma marioete da do farisaismo hipócrita dos EUA.
Foi usada pela trituradora máquina de Holyood,posteriormente utilizada como cocumbina de um presidente e de vários senadores.
Final de vida voluntário ou conveniente?
Segredo de estado?

Mata Hari,uma espia ao serviço do Kaizer Willem,que se aproveitou dos empoadoos oficiais franceses e ingleses,de um modo geral diplomados pelas academias militares dos seus paises.
O importante era passearem os seuu uniformes e dragonas pelos salões.
A guerra era para os milicianos;Como sempre.

Mata Hari uma espia.
Marily uma Mulher sofrida e aviltada,
De Corrector Ortográfico a 7 de Novembro de 2010
Marilyn foi, contrariamente a Mata Hari, uma marionete da do farisaísmo hipócrita dos EUA.
Foi usada pela trituradora máquina de Hollywood, posteriormente utilizada como concubina de um presidente e de vários senadores.
Final de vida voluntário ou conveniente?
Segredo de estado?

Mata Hari, uma espia ao serviço do Kaizer Willem, que se aproveitou dos empoados oficiais franceses e ingleses, de um modo geral diplomados pelas academias militares dos seus países.
O importante era passearem os seus uniformes e dragonas pelos salões.
A guerra era para os milicianos; Como sempre.

Mata Hari uma espia.
Marilyn uma Mulher sofrida e aviltada,
De corrector lógico a 7 de Novembro de 2010
Kaiser Wilhelm is a common reference to two German emperors:

Wilhelm I, German Emperor (1797 - 1888), King of Prussia; became the first Kaiser (Emperor) of a united Germany
Wilhelm II, German Emperor (1859 - 1941), son of Kaiser Friedrich III and was Kaiser during World War I; abdicated the throne in 1918

A career is wonderful, but you can't curl up with it on a cold night.
Marilyn Monroe

A sex symbol becomes a thing. I just hate to be a thing.
Marilyn Monroe

An actress is not a machine, but they treat you like a machine. A money machine.
Marilyn Monroe

Before marriage, a girl has to make love to a man to hold him. After marriage, she has to hold him to make love to him.
Marilyn Monroe

Being a sex symbol is a heavy load to carry, especially when one is tired, hurt and bewildered.
Marilyn Monroe

Dogs never bite me. Just humans.
Marilyn Monroe

Dreaming about being an actress, is more exciting then being one.
Marilyn Monroe

Fame will go by and, so long, I've had you, fame. If it goes by, I've always known it was fickle. So at least it's something I experience, but that's not where I live.
Marilyn Monroe

First, I'm trying to prove to myself that I'm a person. Then maybe I'll convince myself that I'm an actress.
Marilyn Monroe

Hollywood is a place where they'll pay you a thousand dollars for a kiss and fifty cents for your soul.
Marilyn Monroe

Husbands are chiefly good as lovers when they are betraying their wives.
Marilyn Monroe

I am not interested in money. I just want to be wonderful.
Marilyn Monroe

I don't know who invented high heels, but all women owe him a lot.
Marilyn Monroe

I don't mind living in a man's world as long as I can be a woman in it.
Marilyn Monroe

empoados serão emproados?
De Corrector Ortográfico a 7 de Novembro de 2010
Desconheço qual o sentido do comentador......

EMPOADOS
Polvilhados
Empoeirados
Enfarinhados

EMPROADOS
ALTIVOS
ARROGANTES
PRESUMIDOS
De corrector lógico a 7 de Novembro de 2010
olá colega ;-)

Vai à manifestação?

A minha lógica inclina-se para 'emproados', porque rima mais com o resto ;-)

saudações correctoras & correctivas (a reacção não passará, unidos venceremos!)
De Corrector Ortográfico a 8 de Novembro de 2010
Sempre::: Ortografia com Lógica::: Português correcto e Lógico SEMPRE:::
De Maria Brojo a 8 de Novembro de 2010
Corrector Ortográfico - Refere-se à Teresa C.?
De Maria Brojo a 8 de Novembro de 2010
Corrector Lógico - obrigada pelas achegas. Sempre bem-vindas. À dita, preferi manifestações outras. :)
De perseu a 8 de Novembro de 2010
Antes de tudo muito grato,SINCERAMENTE,pelas correcções.

Tudo quanto quanto é didático é válido.

Assim sendo sempre que entender e verificar"gatos"nos meus comentários agradeço as sua correcções.

Defeito meu por formação académica apenas virada para a técnica.

Ademais sou bilingue Luso-Galaico.

Muito obrigado.
De Maria Brojo a 8 de Novembro de 2010
Perseu - compreendo o seu «empoados». Fazia parte do look ao tempo. Ainda hoje, infelizmente.
De corrector lógico a 8 de Novembro de 2010
Não se terá antecipado?

«Na França do século XVIII até a Revolução Francesa o uso de perucas era uma prática comum por todas as classes sociais, as mulheres não costumavam usar perucas, mas aumentavam seus cabelos usando cachos postiços. Eles eram empoados para conseguir o efeito desejado, utilizavam um pó branco ou cinza, os homens também usavam desta técnica em suas perucas brancas desde o século XVII.

A peruca era uma peça essencial do vestuário dos homens de classe alta desde os primeiros anos do século XVII e começou a ser empoada tendo este costume persistido até a Revolução Francesa. Dentro de casa era substituída por uma boina bordada e os intelectuais da época aparecem em retratos com a cabeça descoberta, porém com os cabelos bem curtos.»
http://girafa.org/lab/index.php?title=Cabelos_do_s%C3%A9culo_XVIII_-_27/04/2007

Será que os garbosos oficiais também eram 'empoados', em termos de perucas e cabeleiras?

OMG ;-)
De perseu a 8 de Novembro de 2010
Carissimno:não estavam sujos da lama das trincheiras,nem tão pouco cheiravam a sangue e polvora.
Pavoneavam-se ao som de valsas,polcas e mazurcas.

Os Oficiais milicianos tombavam nas trincheiras.

A iiªGuerra terminou com esse tipo de fantoches,embora houvessem alguns 'exemplares'
da wermacht e das ss.

No confronto Ultramarino de Portugal os nossos Oficiais ,do Exército,da Armada e da Força Aerea,
tiveram um comportamento cheio de dignidade e honra.
Sem distinção,das Academias ou Milicianos,
foram Homens e Oficiais dignos.

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds