Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

ÓXIDO DE FERRO III

Gil Bruvel

  

Enfadam-me campanhas eleitorais. Candidatos ao poder afirmam-se os melhores, lustram galões puídos, brandem espada de antes do bronze, o mesmo é dizer de ferro carcomido pelo óxido de ferro III, a ferrugem comum, que a humidade desfigura. Por tal, quebradiça, incapaz de angariar votantes. Alguns acabam por atender o respectivo suserano, mais por reza/vício do que por fé. Os não crentes em senhores da terra que a receberam em mandato e tomam por bem oportuno consideram-nos figurantes circenses. Nem de protagonistas merecem o nome por ensaiarem papel destacado e nele representarem figuras tristes.

 

A democracia é tesouro. Quem dela usufrui benesses é sensato preservá-las. Mas que as instituições e instituídos reguladores mereçam respeito – não apaguem inépcias anteriores e actuais, não caiam no logro de reclamarem respeitabilidade imaculada pelos putativos bons serviços em favor do povo português. A história da galinha, o passado lutador, a competência económica no período do betão, a experiência nos corredores poderosos são paupérrimos argumentos que somente embaciam a confiança popular.

 

É necessário resistir aos insultos à inteligência individual, à fadista “Guerra das Rosas” para conservar a credibilidade democrática, para não ajoelhar perante o fácil ‘bota-abaixo’ de que o parágrafo primo faz prova. Agressões sistemáticas por quem pretende reunir condições de liderança têm efeito de salitre que até protectoras madeiras de castanho velho e chapas duras corroem.

 

CAFÉ DA MANHÃ

  

publicado por Maria Brojo às 00:05
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
8 comentários:
De António a 16 de Dezembro de 2010
de acordo, de acordo a mil %!

infelizmente, a campanha presidencial em curso dura há 5 anos, desde Belém gerida até ao último dia da entrega da papelada, e recrudesce no televisivo mano a mano a começar da pior maneira, com dois candidatos que o não são, estafetas de corrida alheia, a quem nem sequer reservaram o condigno papel de lebre ...

há dias, um Francisco Lopes de vidro, estereotipado candidato de outros campeonatos ao nível da Secção, a quem o Comité Central nem ao menos autorizará o honroso desaparecimento do boletim a premiar o martírio a que tão piedosamente se submeteu, debateu contra moinhos reais perante um instrumentalizado Fernando Nobre, que dobrou o seu papel articulado e julga que o Gepeto alguma vez lhe agradecerá genuinamente

além da função primordial de dividir a esquerda para reinar o Cavaco, o lastimável resultado cumpre também a finalidade a que se propõem os respectivos mentores: desanimar o eleitorado e ampliar a propensão para a abstenção típica dos segundos mandatos presidenciais, aumento eficazmente a elevada probabilidade de reeleição do tabu

estes tristes estridentes fazem duramente lembrar o encomendado Baião Horta ;(

para isso, antes o circo televisivo de Garcia Pereira, Fernando Rosas, Carmelinda Pereira e Manuel Maxime (evitemos manchar o nome de João Vieira) que ao menos faziam rir os telespectadores e davam boas manchetes durante a campanha !

para trás, vilões !!

vão-se !!!

;_)))




De corrector a 16 de Dezembro de 2010
Para que tenha toda a carga, contra os vilões...

Geppetto
Bayão Horta
De António a 16 de Dezembro de 2010
;_)))




ps - assim até fica mais alegre
De Maria Brojo a 17 de Dezembro de 2010
António - muito bem lembradas as lembranças e causas/consequências desta ópera bufa. Tão bufa como as anteriores.
De -pirata-vermelho- a 16 de Dezembro de 2010
MUITO BEM! MUITO BEM! MUITO BEM!

Bem pensado. Bem dito. Bem Lembrado.

BEIJOS&BEIJOS&BEIJOS


De Maria Brojo a 17 de Dezembro de 2010
Pirata-Vermelho - é que Belzebu tece-as, dando-se o caso da cidadã comum s'envergonhar das desavergonhadas campanhas. Houvesse tino, não estaríamos nesta reles condição
De perseu a 16 de Dezembro de 2010
Assim escreve quem sabe do que escreve.

Concordo,assino por baixo e com a assinatura reconhecida por Deus.
De Maria Brojo a 17 de Dezembro de 2010
Perseu - nem seria preciso recorrer ao Criador para entender a sua concordância. :)

Comentar post

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds