Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

CHARUTO, JAZZ E CONHAQUE

 

Arthur Braginski, Michael Godard

 

Ontem, há um ano ou nunca aconteceu? _ Não importa! Que a estória avance. Pelos quotidianos cheios, pelas vontades que vão e vêm, pela saudade de um charuto e conhaque partilhado ao som de jazz, chão atapetado como assento, pelo diálogo vertido e reflectido sobre sinais que do tempo vivido em Portugal e no mundo eram correntes, a urgência na mensagem recebida de pronto. Telefonema posterior e teimoso caído no silêncio programado do aparelho da mulher. Mutismo. Resposta escrita, passados eram instantes ao ter arribado idêntica saudade no outro lado da urbe. A coincidência de um ter visto do outro imagem no Facebook lembrando contacto desaparecido da rede social - o automatismo do sistema ignora e não rotula ausências deliberadas. Olhara, dissera ele depois, uma e muitas fotografias da omissa presença. Adviera o sentimento de falta. Isso fora de manhã, contaria à tarde, horas antes de rebate ter soado e imposto digitar caracteres breves no teclado minúsculo do móvel. Daí o telefonema e a mensagem/resposta pelo meio do dia descido.

 

Ontem, há um ano ou jamais acontecido? Tendo sucedido, um automóvel fez-se à estrada. No apartamento em zona nobre, vozes duas límpidas e alegres como antes. Memórias comuns. As transgressões. A clandestinidade que pica, adormece e acorda sem aviso prévio. O apetite pela conversa única que dois seres, específicos, enreda. Enredou na margem do rio, no tapete que a madeira escura do soalho cobria, no sofá para dois da sala/península porque rodeada de livros por todos os lados, excepto num. Em todos, o novo (des)conhecido de um par que se deseja. E foi. E foram mais uma vez amantes. E saíram ordenados por bússolas diferentes.  

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:41
link | favorito
De V.Forte a 10 de Fevereiro de 2011
Quanto ao "assunto:"too much ado about nothing".
Esta Teresa-gaja- sic, quer-se dizer chic ( atenção povo, isto pretende ser um elogio)tem dias... que não vos digo, mas às vezes como é o caso das redacccccções de ontem e de hoje... francamente ohhhhh Terezinha! Familiaridade permitida?).
Mas...
Para cá de Mangualde e para lá da Guarda ou para cá da Guarda e para lá do Fundâo aqui e Além Mar em Africa, Honni soit qui mal y pense.
Cohibas sempre,conhaque não;antes um single malte Conemara irlandês(sunday bloody sunday) e para jazz antes e depois Koln Concert.E já agora desculpem qualquer coisinha no que a labels se refere.Mas como nestas vidas, nestas músicas e etc. compartimos experiências (eu a piquena e a quem mais assentar a carapuça) eis:

No you tube:


"Steve Miller Band The joker live from Chicago"

"Je T`aime Moi Non Plus- Tribute to Birkin&Gainsbourg"




Regards


De -pirata-vermelho- a 11 de Fevereiro de 2011
Caro V.Forte
(e demais entusiastas circunstantes, claro)
já que estamos em maré de chanson d'amour, proponho uma americanada em francês mas bem assumida e 'forte' - Voulez vous coucher avec moi, ce soir?

Algumas vozes, apesar da gritaria, são excepcionais e a mise-en-scène divertida e teasing como convém

Ladies and gentlemen,
Cristina Aguillera, a devastadora Lil'Kim, Mya and PINK !

Linke-se já aqui
http://www.youtube.com/watch?v=zYMsA-jv1tw


De Victor Forte a 12 de Fevereiro de 2011
Aos piratas (Vermelhos?????)
Pas avec vous mais avec votre cousine...on ne sait jamais....

Para si e todos os outros arroseurs arrosés de tendências vermelhas passando eventualmente mais tarde a rosa blogista e ainda mais tarde a cor de Burro(a) a fugir e excluindo como é obvio os encartados do Partido Comunista diria como se diz aqui no Algarve estou-me tropicando.
Valeu Rosso? :)
De -pirata-vermelho- a 12 de Fevereiro de 2011
Ai valha-nos a santa mãe santíssima que já não se pode mostrar uma festa qu'um gajo é logo tomado por torto e identificado como esquerdino...!

Calma Sr Forte,
trata-se apenas do seguimento do seu dito anterior
e
se esta whore house não lh'agrada poderá sempre recorrer ás meninas da beira da estrada
(Quieto!... é em versão youtube...)


Bonjour

( a prima tá doente, tirou férias)
De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2011
Para fugir do primo? Moçoila esperta...
Será que a dita já conhece esta?

You tube (como habitualmente)


brassens quad on est con on est con(le temps ne fait rien à l`affaire).


Over and out :))))
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds