Terça-feira, 1 de Março de 2011

CINCO CARREGOS IMPLÍCITOS

Ben Long, Boris Vallejo

 

Pediu-lhe ajuda nas compras semanais. Por resposta escusa frívola. Foi sozinha, como tantas vezes outras. Demais. Encheu o rodas até transbordar. Cinco carregos implícitos: da prateleira para o carrinho, deste para o tapete da caixa, depois para o automóvel, para o elevador, após, do hall comum para casa. Ele não estava.

 

Pela sobrecarga, sentiu dor no pulso direito, ombro acima em rota descendente - era dextra abusadora da condição. Arrastou os sacos para a cozinha, fechou a porta da entrada e, como se fosse dia sétimo, descansou instantes. Enquanto bebericava chá verde e frio sentada em frente da janela ampla que emoldurava colina sem construção, sentiu-se menor. Meditou nas razões: à custa de paz falsa, suportava em silêncio a revolta pelo carinho medíocre, ausência de partilha das emoções, por lhe caberem tarefas pesadas e solitárias que deviam ser comuns, pelo sexo e rotina pobres. Raras vezes verbalizados os factos por conduzirem a diálogos estéreis quea fatigavam. Sem coragem para confrontamentos decisivos que perigrassem a alternativa da conjugalidade obtida – outras diriam mais-valia  no tempo de ‘homem a tiracolo’ para mulher ser -, desiludida pelos antecedentes de ‘cama, sim, compromissos, nunca’, submetera-se. Reconhecia o erro seu. Vivia a conformação.

 

Ele fora paixão. No presente, amor e amante vago. Deu por si desinstalada num relacionamento com alicerces de junco. Ela tão frágil como eles. Deixou os sacos cheios pejando meia cozinha. Bateu com força a porta. Saiu.

 

Faria insistentes pedidos de «volta-atrás». Ela que não. Regressou, com pré-aviso, para retirar pertences. Não lhe fizeram mossa as tentativas dele conciliar o impossível: a necessidade confortável que para o homem era, a consciência do mais querer bem cheia no peito dela. Caminho solitário? _ Talvez. Sexo de ocasião ditado pelo apetite? _ Sim. Noites desempecilhadas na cama exclusiva? _ Venham muitas! Preferíveis a amores de faz-de-conta afastados do âmago da mulher.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 06:30
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
26 comentários:
De Cãodo Nilo a 1 de Março de 2011
Ufa ufa nem me atrevo a comentar...
a culpa é das hormonas....
Agora eu, com pénis e sem inveja que por tudo e nada me comovo e tentando (tentando)ser assisado:
Quem poderá contestar?

Agora oiça(m):

Youtube:
Hay mujeres- Ricardo Solfa y Joaquin Sabina en directo



De Cão do Nilo a 1 de Março de 2011
Não conhecia a Katie.
Superb.
Obrigado.
De Cão do Nilo a 1 de Março de 2011

Retribuindo:

Ivete Sangalo e Renato Teixeira- Romaria
De Maria Brojo a 10 de Março de 2011
Cão do Nilo - não eu, pela certa. ;)
De Nilo a 10 de Março de 2011
Tive uma amiga irlandesa que falava mal o castelhano e dizia.
Nothing is seguro in this vida. ;)
De Perseu a 1 de Março de 2011

Não comento,pergunto,se é que a pergunta tem resposta.
A protagonista desta crónica vivia,ou tinha assinado papeis,vulgo casamento?
O sugeito com ela vivia era homem ou uma besta bem falante,bem vestido e bem ralacionado com com o universo do plático?
É que ,de um modo geral, esse é o comportamento dos pavões,desculpe-me o termo por favor,merdosos e que indevidamente se intitulam homens.
De Perseu a 1 de Março de 2011
Devia ter escrito PLÁSTICO.

Farão o favore de me desculpar.
De Maria Brojo a 10 de Março de 2011
Peseu - na mouche!
De c a 10 de Março de 2011
De que tamanho era a mouche? Estava morta... ou ainda bulia?

Haja farra ;-)

http://www.youtube.com/watch?v=NUDaBnbBtPo

Vivam os pavões (belos quadros)

http://www.youtube.com/watch?v=FWmI5VqTNwU
De doce laranja amarga a 1 de Março de 2011
Estou aqui já há um tempo a olhar a página a tentar conseguir explicar o que penso sem ser mal interpretada.

As mulheres têm muita "culpa" nas relações que se estabelecem com os homens com quem vivem, não querendo retirar nem um pouco as culpas deles.

Temos todos, eles e elas, milhares de anos de educação em que a mulheres servem para os servir.
Quantas não caímos, mesmo nas gerações mais novas, na tentação, logo no início da paixão, de dizer na primeira ocasião coitadinho do meu querido, fica que eu lá vou fazer as compras, ou outra coisa coisa qualquer do género.

O diacho é a primeira vez que em que se cede, ao amor.
O diacho é voltar atrás depois disso.
Temos esse gene de generosidade e de servidão e não conseguimos dizer logo à primeira se não vens, ou não fazes, fica por fazer, porque lá no fundo sentimos que é nosso o "trabalho".

Na geração dos trinta, os que vivem juntos e têm filhos, as mulheres continuam com a maior sobrecarga e os filhos e filhas assistem.
A educação faz-se de actos, mais do que de palavras.
De Maria Brojo a 10 de Março de 2011
Doce Laranja Amarga - obrigada pelo seu escrito. Subscrevo-o.
De corrector lógico a 1 de Março de 2011
Quantos folhetins, telenovelas, bisbilhotices, chovem no molhado deste velho fado da desgraçadinha?

Ainda há pachorra? O que foi acrescentado? O que vai mudar com estas letras e tretas? Falta de tema ou promessa por cumprir?

Há casais que se entendem, para sempre, à custa de quê?
Consultório sentimental, guia espiritual, 'coaching'?

http://www.youtube.com/watch?v=YKbNJWeFtew
De Maria Brojo a 10 de Março de 2011
Corrector Lógico - Acha? As suas provocações são deliciosas.
De corrector lógico a 10 de Março de 2011
Claro!

Ainda bem (encore bien) que m'entende: é essa a intenção ;-)

http://www.youtube.com/watch?v=LyzT4y_bK7Y
De leonor a 1 de Março de 2011
E o que dirá essa mulher a esse homem nesse momento de decisão? E o que escutará ele? Sabemos que ele tenta demovê-la de partir mas como?

Adorava ler esse diálogo, esse "confronto".
De Acúçar C. a 1 de Março de 2011
Amor? É feito de quê? Gosta-se? Gasta-se? Como se conserva? Há uma química que reage... (ou não?)

http://www.youtube.com/watch?v=lzzvqLCzCR8

http://www.youtube.com/watch?v=Tu9HPz__3ys&NR=1

http://www.youtube.com/watch?v=OytBJ2f9sSM
De Ana a 1 de Março de 2011
Porque será que, se por um lado o ser humano tem a capacidade de sentir amor e por isso é sagrado, por outro um relacionamento é inimigo do amor?
De Maria Brojo a 10 de Março de 2011
Ana - discordo que um relacionamento assassine um amor. E o amor, não sendo sagrado - nada me dizem sentires ou emoções sacras - é nas vertentes múltiplas, pelos pais, filhos, amigos e outros, o sentimento mais belo.
De Ana a 14 de Março de 2011
Os relacionamentos criam fronteiras e formas porque é isso que dá segurança. Estou convicta de que o Amor não pode ter fronteiras.
De Maria Brojo a 14 de Março de 2011
Ana - respeito o seu ponto de vista, conquanto não veja fronteiras danosas para um par que numa relação se ama e respeita.
De Acúçar C. a 14 de Março de 2011
Ainda bem que o tema volta 'à baila' ;-)

O aleijão maior que ressalta destas ficcionadas (?) desventuras a dois, em que há (quase sempre) uma vítima inocente e um atávico malfeitor egocêntrico, é que não há (nunca?) outros laços que suportem a relação ao longo do tempo, enquanto a novidade (paixão?) se vai esbatendo e a rotina (arrefecimento?) se vai inexoravelmente instalando.

É uma realidade bem conhecida mas aqui sempre (intencionalmente?) ignorada e que, honestamente, não devia ser escamoteada.

Com açúcar, com afeto
http://www.youtube.com/watch?v=V-u8WZBcn6w
De Acúçar C. a 14 de Março de 2011
Dueto

http://www.youtube.com/watch?v=Kye_O-l6uMc


João e Maria

http://www.youtube.com/watch?v=Lmaknguaz9o
De Maria Brojo a 14 de Março de 2011
Açúcar C. - "É uma realidade bem conhecida mas aqui sempre (intencionalmente?) ignorada e que, honestamente, não devia ser escamoteada."
Pelo lido, uma de duas: ou falhei na escrita, ou não fui entendida.

Prometo reparo.
De Cão do Nilo a 3 de Março de 2011
Volto à carga para desdramatizar.

WIFE=Washing, Ironing. Fucking,Etc.

P.S. A Melua tem-me enchido o melão (e coração)
De Veneno C. a 3 de Março de 2011
Como pode ter andado tão a Leste...?

Just like Heaven
http://www.youtube.com/watch?v=2Rmil_raUtU

Piece by Piece
http://www.youtube.com/watch?v=Qwvf2OtpSPI

It's only Pain
http://www.youtube.com/watch?v=b4e8TjBLsJc

A Happy Place
http://www.youtube.com/watch?v=lCdRA0lQq38

Two Bare Feet
http://www.youtube.com/watch?v=yEwTrvILxlg

I'd love to kill you (madmoiZelle)
http://www.youtube.com/watch?v=0GuVbV7ZdQw

E esta?
http://www.youtube.com/watch?v=O1WFCivgEgs
De Maria Brojo a 10 de Março de 2011
Cão do Nilo - fico contente, creia. :)

Comentar post

últ. comentários

Olá. Posso falar consigo sobre a sua tia Irmã Mar...
Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds