Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2015

HOJE, AVIO ESTA; NA VOLTA, AQUELA

 

Autor que não foi possível identificar

 

 

Reconto dum conto meu

 

 

«Cowgirl» entre cowboys e damas respeitáveis pelo recato ou estatuto. Setenta anos atrás. Dolentes os dias acalorados na urbe pequena. Local: desertos texanos com esparsos bares, poker nas mesas, homens aventureiros com metralha no cinto; elas, decotadas, esperavam arremate no andar de cima ou no salão. Pedido da clientela a justificar sedução paga. Em madeira tabuada, «semi-porta» de empurro. Dentro a mulher como objeto de desejos precários e consumistas _ hoje, avio esta; na volta, aquela. Talvez ela. Ou não, que o nariz empinado rejeitava ordens e precisões avulsas. Mania. Regra e esquadro pessoal.

 

 

O dono/chulo/senhorio do bar vigiava-a de soslaio. Admitiu-a sem a provar pela diferença da candidata ao serviço: prometia na imagem, negava pelo estar. Valia pelo exotismo. Pelo toca-e-foge, vontade e manobra lucrativa. Dela. E safava-se de homens subidos ao quarto esconso. Nele, varandim debruçado sobre rua poeirenta.

 

 

Noite após noite, o mesmo. Mas eles bebiam na esperança de a terem nos lençóis finos de que só ela sabia - na admissão, devolvera os grosseiros que lhe afligiam a finura da pele. Para o "consome mais!" bastava o perfume, o olhar negro, o brilho da pele, os ombros desnudos, o roçar do cetim em folhos, a meia de rede preta vislumbrada no sabido sentar. Pé arqueado nos botins com presilhas e salto pequeno. E desconversava. E ria. Muito.

 

 

No faz-de-conta, vida. Durando o sol, costurava vestires ousados. Atravessada com pressa a rua fronteira, sombrinha aberta não corrompesse o sol a porcelana do rosto, pagava fitas e tules na retrosaria. Mais tarde, seduzia. Dinheiro entrado na caixa ruidosa sobre o balcão corrido na noite.

 

 

Ia ficando. Até um dia. Intocada até querer ou surgir o homem ideado.

 

 

Na diferença, banal.

 

 

Nota: texto publicado aqui e ali.

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:00
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds