Sexta-feira, 11 de Abril de 2014

‘PEGA-MONSTROS’

  

Mati Klarwein – Barcelo Family(1995)                                                                Mati Klarwein – Schulte Family(1989)

 

Desde que o ‘pega-monstros’ chamado crise nos agarrou, menos divórcios dão entrada nos tribunais e notários. Explicações, muitas. Algumas: se o rendimento mensal de dois não chega para dividir contas, um ainda menos; processos que envolvam advogados e custas estão fora do alcance da vasta maioria das bolsas conjugais; casais/amantes cujo afeto sólido mais ordena reforçam a ligação neste tempo medíocre em benesses - preocupações bastam as bastantes e acrescer outra é como sardinha a mais na carga de quadrúpede asinino. Assim sendo, as conjugalidades vão-se arrastando, ficando, quiçá, fortalecidos elos nos casais, mais pródiga a maré da vontade de solucionar desavenças – se tem que ser, que seja o melhor possível.

 

Talvez finda a saison do fast food, uma sopa bem confecionada alimenta saudavelmente várias bocas e é mais barata, do fast sex, obriga a jantarinhos, copos, preservativos e rendas telefónicas, do fast life, ‘pede agora, paga depois’. Historicamente, em tempos recessivos há evolução social. Que a mais-valia da cola dos sentimentos positivos traga às famílias entendimentos novos e harmonias reais.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:42
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
Sábado, 20 de Julho de 2013

CHAVE D’OURO (PARTE II)

 

E. Segal - Afternoon Street Café

 

Na continuação do artigo publicado aqui no SPNI, mais algumas expressões cujo significado e origem são descritos nos pacotes de açúcar que publicitam o café Chave D’Ouro.

 

“Ter para os alfinetes”

- Significado: ter dinheiro para viver.

- Origem: em outros tempos os alfinetes eram objetos de adorno das mulheres. Daí que a frase significasse o dinheiro poupado para a sua compra porque os alfinetes eram muito caros.

 

“Engolir sapos”

- Significado: ter de ouvir caldo ou fazer algo contrariado.

- Origem: a invasão de milhares de rãs numa das pragas do Egipto. Os animais não apenas invadíamos ambientes – cozinhas, quartos, casas de banho – como também os pratos dos habitantes do reino. Daí a expressão “engolir sapos”, ou seja, suportar situações desagradáveis sem qualquer manifestação.

 

“Casa da mãe Joana”

- Significado: lugar onde impera a desordem, vale tudo, lugar ode todos podem entrar.

- Origem: Joana era condessa de Provença e rainha de Nápoles (Itália). No séc. XIV, aos 21 anos, regulamentou os bordéis da cidade de Avignon, França, onde vivia refugiada. Uma das normas dizia: “o lugar terá uma porta por onde todos possam entrar”.

 

“Dentada de cão cura-se com pelo do mesmo cão”

 - Significado: conselho em que se propões que se use como remédio/cura o mesmo agente inimigo que nos provocou o mal.

- Origem: tradução de uma expressão inglesa “You may cure the dog’s bite with its fur”. Originalmente, referia-se a um método de tratamento da raiva que se pensava que curava colocando o pelo do cão sobre a ferida.

 

“Uma odisseia!”

- Significado: acontecimentos imprevistos, aventurosos ou de algum modo singulares.

- Origem: tratando a ”Odisse(é)ia de Homero do regresso pleno de percalços e dificuldades de Ulisses à sua terra natal, Ítaca, a expressão anda à volta disso mesmo.

 

“Caiu o Carmo e a Trindade”

- Significado: desgraça, aparato, surpresa, confusão.

- Origem: durante o terramoto de 1755, ouviu-se um enorme estrondo por toda a cidade de Lisboa. Quando os habitantes descobriram qual tinha sido a causa da barulheira, logo disseram “Caiu o Carmo e a Trindade”. Isto é: desabaram os conventos do Carmo e da Trindade.

 

“Muita m****”

- Significado: expressão muito utilizada nos meios artísticos como forma de expressar sucesso e felicidade a um colega.

- Origem: nos séculos XVI e XVII, a maioria dos frequentadores de espetáculos pertencia a uma classe social que se deslocava em carruagens puxadas por cavalos. Quanto maior era a assistência, mais carruagens circulariam na rua do teatro, gerando assim uma maior quantidade de excrementos de animal nas ruas.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 07:05
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012

‘PEGA-MONSTROS’

Mati Klarwein

 

Desde que o ‘pega-monstros’ chamado crise nos afundou, menos divórcios dão entrada nos tribunais e notários. Explicações, muitas. Algumas: se o rendimento mensal de dois não chega para dividir contas, um ainda menos; processos que envolvam advogados e custas estão fora do alcance da vasta maioria das bolsas conjugais; casais/amantes cujo afecto sólido mais ordena reforçam a ligação neste tempo medíocre em benesses; preocupações bastam as bastantes e acrescer outra é como sardinha a mais na carga de quadrúpede asinino. Assim sendo, as conjugalidades vão-se arrastando, ficando, quiçá, fortalecidos elos nos casais, mais pródiga a maré da vontade de solucionar desavenças – se tem que ser, que seja o melhor possível.

 

Parece terminada a saison do fast food, uma sopa bem confeccionada alimenta saudavelmente várias bocas e é mais barata, fast sex, obriga a jantarinhos, copos, preservativos e rendas telefónicas, do fast life, ‘pede agora, paga depois’. Historicamente, em tempos recessivos há evolução social. Que a mais-valia da cola dos sentimentos positivos traga às famílias entendimentos novos e harmonia real.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:56
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (2) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds