Terça-feira, 9 de Abril de 2013

O polar da Rita Vasconcellos

 

 

Nem sempre é fácil começar pelo início. Sendo a ciência continuidade de descobertas, situar a génese dum conhecimento é tarefa quase impossível. Certo é a NASA, na senda da conquista espacial, ter logrado saberes que revolucionaram quotidianos no mundo todo. Vem este assunto ao caso da Rita Vasconcellos usar um belíssimo têxtil polar na última vez que nos vimos.

 

 

 Para desbravar a questão, revelam-se necessários conhecimentos anteriores: polímeros e plásticos. Etimologicamente, a palavra polímero quer dizer muitas partes. Dezenas de milhar de átomos constituem-nos segundo conjuntos de átomos repetidos. Pelo tamanho desmesurado, as moléculas (conjuntos de átomos) são designadas por macromoléculas ou cadeias. São classificados como naturais (a borracha, o algodão e a lã) ou sintéticos (polietileno, PVC e nylon).

 

 

A civilização em que nos inserimos teve começo com três materiais: metais, cerâmica e vidro. Os plásticos são recentes em tempo histórico. O termo plástico deriva do adjetivo grego «plastikos» cujo significado é moldável. Na Europa, são consumidos, em média, 30 milhões de toneladas de matérias plásticas. Possuem tempo de vida útil como qualquer outro material. Inconveniente: as vantagens dos plásticos tornam-se desvantagens quando é pretendida a sua eliminação. É neste contexto que tem cabimento o processo de reciclagem e respetivas consequências.

 

 

(...)

 

Nota: o texto continua aqui.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:27
link | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds