Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

PORCOS, FEIOS E MAUS VERSUS BONITOS REPLICADOS

 Matthew Carlton

 

“Os filhos dos ricos são bonitos e têm sucesso; os dos pobres perpetuam inferioridade nos ferretes sociais.” Atentando bem, a beleza rica é, frequentemente, uma falsa beleza. O luzir da pele e do cabelo, a elegância de um pé sem mácula delicadamente apoiado na vertiginosa curvatura de uma sandália, o embrulho das formas em tecidos perfeitos são partes de um todo fascinante carimbado como belo. As competências sociais afinadas por sucessivas gerações são o brilho dos salões. Os descendentes assimilam como água uma série de códigos que, frequentemente, os distancia dos demais. Todavia, é sabido que qualquer ser humano inteligente, culto, ou simplesmente informado, de duas uma: ou emerge socialmente pela cópia das condutas que o integram nas elites dominantes, ou preserva o desprendimento considerado um valor, não raro uma excentricidade que o compraz pela «imagem de marca» associada.

 

Em ambientes socialmente heterogéneos como as escolas, contabilizado o sucesso, nele dominam adolescentes cujas famílias possuem recursos económicos e culturais. Os mais desfavorecidos têm, globalmente, menor sucesso escolar. Dando por adquirido o logro do pensamento nazi, não é aceitável supor privilégio de castas a inteligência e demais dotes do intelecto fundamentais para o êxito na consolidação das aprendizagens. Em que resquício cerebral se esconde a diferença referida na constatação? Havendo igualdade no apoio afectivo da família e no acesso às ferramentas necessárias, arrisco resposta breve: nas competências sociais. Saber falar em público, adaptação a ambientes diversos mesmo se aparentemente superiores ou hostis, possuir uma linguagem corporal espontaneamente correcta permite ao intelecto concentrar-se no essencial e lateralizar como ociosidades verdadeiros calcanhares-de-Aquiles nos menos preparados para a exposição social.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 18:09
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (3) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds