Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

AFRODITE

 

Sandro Botticelli

 

As Faces Eternas do Feminino. No livro, existe parágrafo sobre o mito que é a chave do feminino de Afrodite.

"Afrodite nasce como resultado de um ato violento de castração do pai, em função do excesso de rejeição que ele demonstra pelos filhos, frutos da sua união com Gaia. A deusa não vai ter contato direto com Gaia (nasce adulta) e acaba desenvolvendo um modo próprio de lidar com o masculino. É uma deusa extremamente poderosa, mas cuja maneira autónoma e livre de agir perturba a dinâmica patriarcal rígida. Pode ser considerada uma força primordial e mais antiga que o próprio Olimpo (...) Simbolicamente, poderíamos dizer que é a imagem diferenciada de mulher que se separa da dimensão mais oceânica da figura materna."

 

É ido ror de tempo desde a leitura acima. Tanto, que somente num texto de arquivo relembrei o anotado sem registo da fonte. Adaptei a ideia recolhida: “Qual de nós tem o ‘feminino’ tão puro que é independente da figura materna e das críticas masculinas? Afrodite é a deusa da beleza, do amor, da sedução porque o seu ‘feminino’ não foi castrado, não foi moldado ou sufocado pelas forças opressoras masculinas e sociais. Esta parte do mito prova ser na fase adulta que devemos buscar em nós o 'feminino' livre de influências maternas e paternas.

A tendência é vivenciar apenas na superfície do ser o ‘feminino’ da matriz. Todas queremos comprar o frasco com a poção mágica de Afrodite. Desentendemos ser cada mulher quem pode, assim o deseje, fabricar a poção. Receita dependente do íntimo. O frasco mágico não está a venda!”

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 07:43
link | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds