Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

OLIVER TWIST E CAÇAS E POUCO DO MUITO MAIS

Rubinstein

 

Não acabou dia de trabalho mais cedo à conta da chegada papal. Ouviu rosnares do avião esperado e dos ‘caças’ protectores com livros nas mãos _ preciosidades muitas, algumas inspirando o desejo de enfiá-las na pasta e deixar esquecida regra ‘não roubarás’. Tentadoras as ilustrações e os textos e o mergulho em «ontens» literariamente recuados. Manipulou-os com amor antigo e novo. Separou língua inglesa de traduções. Política de ciência e de história e de filosofia e de literatura. Foram espanto os Pulitzer ganhos pelas simples compilações de discursos dos presidentes made in U.S.A.. Oliver Twist ilustrado numa edição de trinta e cinco. E tantos outros. Tantos mais!

 

Chegada ao abrigo, viu imagens em diferido do que temia e ansiava. Iniciou reconciliação com Bento XVI pelo diálogo que manteve com os jornalistas no início da viagem aérea rumada a Portugal. Sem gaiola intuída, e se estava atenta a detalhes de retrato publicitário, soou-lhe a Verdade. Falou dos crimes e sofrimentos infligidos pelos católicos, cristãos em geral. Não esqueceu. Foi cúmplice. Calou o que era devido gritar. Mais fez que ela rejeitou: persistir em apartar os divorciados dos sacramentos, condenar o preservativo, o aborto e homossexuais. Porém, (pres)sentiu humanidade insuspeita. A contrição jamais será borracha. Mas é começo. Talvez de nada. Talvez emotividade irrazoável. E a crente sentiu o não pressentido _ nuvem esbatida sobre o Cardeal Ratzinger. O mesmo que lhe inspirara desarmonia quando fumo branco foi saído da chaminé do Vaticano e adivinhou o nome proclamado.

 

Em tempo revolto, foi bom ouvir muçulmanos e judeus afirmarem ser Portugal o país que melhor os acolhe na Europa. Não encontrarem diferenças substantivas entre a recepção aos respectivos líderes religiosos e a visita papal. Ecumenismo: sinal e esperança. Para a mulher, podia ser renascimento. Volátil persistindo teima no celibato sacerdotal e impedimento das mulheres progredirem na hierarquia católica.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 00:26
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (3) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds