Domingo, 7 de Fevereiro de 2010

MÁRIO CRESPO/(DES)COURAÇADO POTEMKIN

 

Andrew Valko
 

Evitei o tema pelo enjoo e nojo que me consumia a objectividade. Breve referência consta no “Mistérios da Praça de Espanha” (4 de Fevereiro). Num comentário, o António, de novo, reflectiu e escreveu soberbamente. Mais não é acrescentado pelo autor que tudo diz com genial ironia «antoniana» (queirosiana, afirmo).

 

“Vamos então ao episódio do Mário Crespo, moderadamente: - com o tempo decorrido e declarações produzidas, digamos que a comoção já passou [e mesmo as virgens ofendidas que o afirmam grande profissional não deixaram caso; [ou seja, o episódio já passou e nem um rato pariu... - é evidente que a história, além de não comprovada (mas quem de boa fé esperaria tal de Mário Crespo?) está muito mal contada: - ao bife, Sócrates palitava ruidosamente os dentes; - e saíam-lhe perdigotos que mais pareciam mísseis contra esse potentado (um novo couraçado Potenkin, este Mário Crespo, também acham?) do jornalismo nacional; [que, além de escritor de excelentes crónicas da banha da cobra sem recurso a um único facto comprovado; [responde pelos entrevistados e termina entrevistas a dizer... o que acha! - vai daí, as "fontes fidedignas" falharam rotundamente a caracterização Primeiral [Sócrates, não o grego, mas o beirão, haveria de tirar um vernáculo que chegaria por certo ao Tribunal de Aveiro, ao Supremo e mesmo ao Constitucional; [aliás, menos que isso nem deveria ser aceite como output de um lauto almoço de amigalhaços da pandilha do Governo; - há também a coincidência de um livro no prelo com as belas crónicas que já toda a gente leu e releu e releu que infelizmente não param de circular pelo correio electrónico das correntes acríticas e dos reenvios acéfalos [ah... esquecia-me do Mário Crespo a tentar misturar-se com o JMFernandes, ex-director do Público, assunto que nada tem a ver a não ser também uma obsessão pela participação activa em iniciativas do PSD, [ou com a (Mário Crespo dixit: boa noite, eu também quero ser a) Manuela Moura Guedes, ex-deputada do CDS, que tem razões para mover guerras sem quartel e sem pudor contra José Sócrates e não se comove por não fazer nada que se pareça com jornalismo... bem, digamos que já dei qualquer coisinha para este peditório, mas compreende-se o desprezo a que tem sido votado o sujeito...”

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 09:29
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (8) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds