Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

ATÉ FERNANDO PESSOA?

Manuela Pinheiro

 

É australiana, de seu nome Codie Young, e protagonista da campanha publicitária duma marca de roupa britânica. Tão magra surgiu nos retratos, que a polémica estalou: rebelaram-se os cidadãos e associações de apoio a vítimas de anorexia nervosa. Trocada por outra a fotografia onde a modelo surge mais encorpada. Desmentido padecer da doença a bela jovem de dezoito anos, foi atribuído o seu aspecto a características herdadas no genoma. Admitamos estar a explicação correcta. Ainda assim convém lembrar a tendência dos jovens consumidores de moda para tomarem como exemplo os manequins que desfilam nas passarelas, enchem revistas e outdoors.

 

A anorexia não afecta somente quem dela sofre directamente: o núcleo familiar próximo é atingido no seu todo. Assistir ao definhar dum filho – embora com prevalência substantivamente superior no género feminino, o masculino apresenta índices preocupantes – é mágoa que corrói a família. Cada refeição um tormento que faz vacilar as atitudes dos pais entre a condenação agressiva e o silêncio dorido. Como alterar o comportamento do jovem? Procurar ajuda é medida certa, nem sempre a primeira por o doente não admitir o padecimento que joga a vida.

 

Não raro, uma anorexia é seguida de bulimia. O excesso de peso que advém é causa outra para a rejeição do corpo, para o desajuste relacional e psicológico. Com auxílio especializado o paciente recupera, conquanto sequelas deixem registo físicos e em leves distúrbios alimentares.

 

Igualmente faladas a pré-obesidade e a obesidade que afectam mais de metade dos portugueses, dois em cada três norte-americanos, milhões no mundo ocidental. Matriz genética, hábitos alimentares medíocres e sedentarismo algumas das razões. Graves danos para a saúde são consequência da doença cuja viragem para epidemia se situa a meio do século XX, no alvorecer da sociedade do bem-estar.

 

No livro “A Obesidade em Portugal e no Mundo” coordenado por Isabel do Carmo, figura na capa Fernando Pessoa e consta a reflexão: “Não sabemos se neste momento - e acompanhando toda a transformação - se Fernando Pessoa não teria engordado desta maneira".

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:55
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (2) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds