Domingo, 9 de Novembro de 2014

25 ANOS DEPOIS

A QUEDA DE BERLIM 2.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Muro de Berlim foi barreira física construída pela República Democrática Alemã durante a Guerra Fria, que circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental.

 

Queda do Muro.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Alemanha celebra hoje os 25 anos da queda do Muro de Berlim com um programa que inclui Beethoven, exposições e uma versão de "Heroes", de David Bowie, por Peter Gabriel. As comemorações oficiais decorrem junto à porta de Brandeburgo, lugar simbólico da divisão da cidade entre 1961 e 1989. As marcas do muro foram recuperadas com uma fila de 8.000 balões pela instalação 'Lichtgrenze' (Muro de Luz), com cerca de 15 quilómetros, instalada sobre o traçado do Muro que durante 28 anos dividiu a cidade em duas, pertencentes a dois mundos diferentes.

 

imagesU4HXML16.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A exposição artística de balões, que ilustra dramaticamente a forma como o muro serpenteava pelo coração da cidade, é porosa para permitir que as pessoas se desloquem facilmente para trás e para a frente, entre as antigas Berlim Oriental e Ocidental. Os balões serão libertados hoje para simbolizar o desaparecimento do Muro. Cada um dos balões tem mensagem proveniente de uma parte do mundo.

Nas celebrações oficiais, dissidentes da ex-RDA evocarão a vida no Leste, bem como a noite de 09 de novembro de 1989, quando o Muro foi derrubado. Hoje, os balões serão libertados na noite, no céu de Berlim, ao som da 9.ª Sinfonia do compositor alemão Ludwig van Beethoven.

 

Checkpoint Charlie.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Checkpoint Charlie Museu documenta a história do muro e as diversas fugas e tentativas de fuga para o lado ocidental. Tem este nome por causa do famoso posto de fronteira, já que o museu se localiza a poucos metros do antigo posto de controle entre Berlim Ocidental e Berlim Oriental.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 10:36
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2013

SÍTIO MAL FREQUENTADO

 

Claude Théberge

 

Uma das pérolas nas cidades beirãs. Arquitetura digna, nos detalhes, granito como cumpre, museus e igrejas de espanto, comércio vivo, zonas pedonais a servirem-no, gastronomia de excelência – não referir a catedral de seu nome “Cortiço” seria pecado sem remissão. Nas ruas estreitas, afadigam-se gentes laboriosas – injustiça é seguir o preconceito de apenas na região que cerca o Porto, nele também, existe empenho no trabalho a envergonhar o resto de Portugal. Viseu desmente com pundonor.

 

Da «mouraria» para cima onde o Tejo, já em correria para o mar, é fronteira, excetuando algumas urbes industriais cujo trabalho escravo fez história de revolta, predominam almas conservadoras até ao tutano. Apegadas à fé. Às tradições. Ao bem ser e melhor parecer. À vigilância social.

 

Dados os pressupostos, configurar franchising do “Bairro Vermelho” de Amsterdão localizado em ruela de Viseu é anacronismo que jamais os habitantes configurariam em pesadelos do piorio. Mas a necessidade é muita, o negócio do sexo deve estar em baixa como todos devido à penúria que por aqui vai e surge espécie menor de Red Light District. Diferenças substantivas neste comércio viseense se comparado com o original: janelas em vez de montras bordejando a rua, vendedoras limitadas, por isto, a exibir seios desnudos ou emoldurados em lingerie chamativa. Salvo arriscarem escadote, da cintura para baixo, nada é vislumbrado pelos passantes e pelos candidatos à subida das escadas. Adivinhação pura do encoberto, o que tanto faz aos precisados ou viciados ou curiosos. Para todos estes é bênção substituir revistas e canais óticos atrevidos por espetáculo privado com cheiro, cores e palpações e o mais que aqui não cabe mencionar.

 

Indignam-se mulheres - «esposas» ou não – pela concorrência desleal e pela insegurança de circular na rua dos mil olhos e ilusões. Com os maridos, igual, porque atentados ao pudor na forma de convites a esmo às respetivas é ofensa e perigo. Será que a edilidade avança com proibição ou ativa o fisco para do pseudo franchising retirar valias?

 

É sensato aceitar não ser Portugal um país, mas, pelos poderes instituídos, sítio mal frequentado.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Shirley Bassey e David Bowie comemoram hoje aniversários.

 

publicado por Maria Brojo às 11:02
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
Sábado, 13 de Março de 2010

ENDEREÇO? _ (DES)CONHECIDO

Barbara Cole

 

Hoje, dia de CITIDEP das nove às dezanove. Feliz. Sem lamúrias - de aprender, não desisto. Actividade integrada na estratégia do LabTecCS e Planning -  "construir capacidade de investigação de ponta, com sinergias entre tecnologias avançadas e as ciências sociais. Fruto dos laços estreitos de cooperação cientifica com o Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia (Instituto de Ambiente e Sustentabilidade-JRC), e com o Centro de Investigação de Tecnologias de Informação para uma Democracia Participativa (CITIDEP), foram cedidos equipamentos especializados de medida de poluentes do ar (PM 2.5), AM510 SidePak Personal Aerosol Monitors. Valiosos (custariam mais de uma dezena de milhares de euros), irão ser usados para investigação e desenvolvimento na equipa e-Planning". A investigação em Portugal cuida do ambiente que a todos envolve.

 

Ontem, escrevi:
_ “Sou mulher do mesmo e outra.”

 

Não entendeu. Descodifiquei:

_ “Semelhante, na diferença, às congéneres. Banal e incomum, portanto. Ser opaca no discurso escrito, jamais na oralidade, seduz-me. Gosto, mania, opção? Tudo junto! Quando escrevo, apetecem-me códigos, porque o mistério é fascínio que me fascina.

 

E sim, aprecio descaros (in)convenientes. Fui «perversinha» - «inhos» e «inhas» tão portugueses! Objectivo: saber mais um pouco de si. Esteve bem, como de costume.

 

Sabe? Não me importam julgamentos alheios. Mas preciso de conhecer mais de quem os emite. Feliz, a sua resposta à provocação.

 

Bom dia! Temos luz risonha nesta "alface branca " captada exemplarmente pelo Tanner - lagarta preguiçosa, misteriosa e humilde, exposta ao sol."

  

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 07:55
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (2) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds