Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2015

O «GRITO» DAS ÁRVORES

James Francis Dandy - disappointed-love.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

James Francis Dandy – “Disappointed Love”

 

 

Se uma árvore cair numa floresta, sem ninguém por perto, é emitido algum som? De acordo com uma investigação de cientistas franceses, as árvores que estão a perecer emitem ruídos que indicam a sua morte eminente antes de caírem.

 

 

 

Investigadores da Universidade de Grenoble conduziram vários testes laboratoriais que indicaram que quando as árvores sofrem de seca prolongada – o que começa a provocar a sua morte – emitem estalidos ultrassónicos, que são 100 vezes mais rápidos que os sons passíveis de serem ouvidos pelos humano.

 

 

 

Nas experiências, os cientistas utilizaram lascas de pinheiro morto embebido em hidrogel para simular uma árvore viva. Posteriormente, expuseram o gel a um ambiente artificialmente seco e registaram os ruídos causados por bolhas de ar que se acumularam, o que simula as condições que uma árvore enfrenta durante uma seca.

 

 

 

Segundo Philippe Marmottant, investigador principal do estudo, esta metodologia ajuda a acelerar o processo de desidratação e permite aos cientistas estudar o fenómeno mais rapidamente. “Podemos acompanhar a articulação das bolhas e o que descobrimos é que a maioria dos sons que foram registados está ligada às bolhas”, indicou o investigador ao Inhabitat. “Digo maioria dos sons porque pode haver outras causas para os sons como rachas na madeira ou insetos. Mas a maioria dos sons que ocorrem durante as cavitações são devido a estas bolhas”.

 

 

 

Agora que o fenómeno foi descoberto os investigadores estão a trabalhar num equipamento para permitir  ao ouvido humano detetar os sons das árvores.

 

 

 

Nota – Fonte

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:00
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (6) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds