Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

HABEMUS PROVEDOR

Luis Royo, Anthony Christian

 

Adormeci tranquila. Suportei, ora enfadada, ora irritada, ora indiferente, os dislates e a desavergonhada campanha eleitoral. Campanha de vizinhos ressabiados pelas malfeitorias que uns aos outros atribuem: _ estacionaste no lugar que todos sabem ser meu; dispondo-me a dormir, grita música na tua casa ou gritas tu e a tua rameira pelas marteladas na cama quando a minha senhora está aferrolhada na flanela do pijama e ronca, benza-a Deus!, que já me chega a Cidália dos Olivais; acordas-me quando bates com estrondo a porta ao saíres às sete; interrompes-me o jantar ao entrares em escandalosa risada com as tipas que engatas e tenho de espreitar pelo ralo, não hajas, por acaso, feito cerco nos Olivais.

 

Atingido o apogeu com a vitória da abstenção e os mais de vinte por cento conquistados por candidatos sem partidos com andores para o transporte «campanheiro» ou elevados por andas até à escolha (im)popular, surgiu a boa nova: a partir de ontem, tenho Provedor do Povo disponível para acudir aos expulsos de sobrevivência digna. Não deu o endereço do escritório em Belém, mas chega a Roma quem pergunta. Vítimas de injustiças sociais poupem cobres para papel, envelopes e selos. Doravante, confessionário aberto nas horas de expediente. Não vale com as queixas fazer aviões de papel e apontar para a marquise mais conhecida do país. Essas, leva-as o vento. As outras caem em saco roto, mas para o caso e função dá no mesmo – importa é desabafar com o passado e novo ‘garante da estabilidade nacional’.

 

CAFÉ DA MANHÃ

  

publicado por Maria Brojo às 11:02
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (9) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds