Sexta-feira, 31 de Maio de 2013

BAILE E PANTOMINAS

 

Detalhe de "Le Bal a Bougival" - Renoir

Lioz é o que se enxerga primeiro. Escadaria forrada a encarnado, dourados depois. Assentos dispostos em meias luas até à pista modesta. Balcões servem de alívio às cruzes dos herdeiros marialvas que dardejam olhares carnívoros às peças femininas. Eles e elas podiam ser atores escolhidos a dedo pelo Ettore Scola para filmar “O Baile”. Também neste lugar escuso das noites de Lisboa são curtos os diálogos, palpável a tensão emocional, a dramaturgia sustentada pela linguagem dos gestos. Quem ali se aventura é melhor estar preparado para incursão no mundo da pantomima das relações humanas, urbanas, maganas.

A premissa do lugar é, como no “Baile”, imutável: diluir a solidão, encontrar parceiro que aqueça noites e o momento no carrocel duma pista de dança. O elenco permanece: a florista, o jovem do subúrbio, a manequim reformada, a alcoólatra, a dama-pipi, a refugiada/imigrante, o sacristão à procura do ámen duma ela, a «pernas-e-mamas», o «homem-que-veio-de-longe» e não é o Gabin, o pós yuppie, o aluno de Apolo, o empresário, o suposto herói de guerra, o aristocrata, o rufia com jaqueta de couro e topete, o ‘mister músculo’ lá do bairro. Elas esperam convite para dançar daqueles que as negas não temem; os tímidos aguardam que alguma traduza em tiques convite de enleio.

A mise-en-scène garante aos prováveis enredos a cola do conhecimento dos corpos à cause le pot pourri musical – (...)

 

Nota: o texto integral aqui.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:27
link | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds