Sábado, 29 de Junho de 2013

O FALO DE AÇO

 

Michelangelo Buonarroti

 

Tudo começou por uma lenda. Séculos atrás na cidade japonesa de Kawasaki, demónio houve que se escondeu na vagina de uma donzela. Perverso e com dentes afilados castrou dois homens na noite de núpcias. A virgem devia ser apetecível por mais se candidatarem ao lugar de vítimas. Justiceiro ou cobiçoso, o ferreiro puxou da bigorna e construiu um falo em aço. Na investida, quebrou os dentes ao demónio. Não é contado se o demo saiu da gruta guinchando de dor ou definhou por ausência de alimento.

 

Desde há 150 anos, os monges do templo local perpetuam a história do deus que garante fertilidade e harmonia aos casais. Seja pelo bom desempenho divino, ou pela oportunidade, já conta mais de quarenta anos o “Festival do Falo de Aço”. Os órgãos sexuais femininos e masculinos, símbolos do templo, dão forma e cor a doces, lembranças, postais, esculturas. Dois pénis XXL vagueiam pelas ruas em andores, habitantes e turistas atrás, rezando os primeiros, divertidos os segundos. É ensinado esculpir ícones das partes pudendas a partir de tubérculos como nabos e cenouras. Quem não sabe aprende. Depois, regressa a casa disposto a acrescer fertilidade aos pitéus e saladas.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 07:11
link | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds