Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

NO TEMPO DE ‘SÃO TALVEZ’

Fred Fields


Nesta sociedade que privilegia o conhecimento e contrai o Viver, Bolonha impôs-se. Objectivos primórdios: aumento da competitividade, da mobilidade e empregabilidade dos diplomados pelo ensino superior no espaço europeu.

 

Realidade do sistema:
- graus académicos facilmente legíveis e comparáveis;
- na essência,composto por dois ciclos - o primeiro, que em Portugal conduz ao grau de licenciado com duração compreendida entre seis e oito semestres, e o segundo traduzido no grau de mestre, com uma duração compreendida entre três e quatro semestres.
- generaliza créditos académicos (ECTS), transferíveis, acumuláveis, independentes da Instituição de Ensino frequentada e do país.
Na aparência, a bondade do sistema parece irrefutável.

 

Os mestrados são negócio lucrativo. As universidades fazem deles receitas extraordinárias - pagos, superlativamente, à cabeça, ou em dolorosas prestações. 14400 euros pelo grau é facto não raro. Os licenciados saem como pães dos fornos. No ano passado, dez mil a mais do que em 2008.

 

Se a licenciatura de cinco anos quase equivalia, socialmente, à quarta classe de décadas atrasadas no tempo, a «zipada» em três é análoga à segunda onde eram juntadas letras, mas não fazia coro a tabuada. Raciocínio falacioso, reconheço. Mais do que ensinamentos, a universidade deve fornecer competências. Adiadas do básico para o secundário e deste para a faculdade. Bolonha adia para o mestrado. O doutoramento, pelas bolsas remuneradas, virou emprego que difere a entrada no mercado laboral (in)existente.

 

Mais que sociedade do conhecimento, tempo de Viver adiado para ‘São Talvez’.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 06:23
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (6) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds