Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

SEIS DEDOS NA LENDÁRIA MULHER

Nathalie Picoulet

 

Num país de «inhos» e «inhas», declaro-me tão portuguesinha que dói – humilde, teimosa, condoída, hospitaleira, desenrascada no pior, orgulhosinha quando, lá fora, o povo de que sou é desvalorizado, alvo de galhofa xenófoba, e riposto com subtileza para achincalhar quem a profere empertigando queixo e nariz. Como típico produto nacional, logro coluna erecta disposta a desafiar muitos num ‘venham daí que chego para todos’. Ora, portugesinho prezado é fanfarrão como a padeira da lenda provinda de Aljubarrota que com a pá do forno matou sete, possivelmente nem um, mas se ela disse ou consta pela bravura enche alma colectiva. Garantem seis dedos na lendária mulher errante, pouco virtuosa, que, antes de terminar honesta, foi sequestrada por piratas – se teve ‘partes com eles’ não sei, como diria Augusto Abelaira no ‘Bosque Harmonioso’ – e vendida a ricaço da Mauritânia. Em síntese: _ Desenrascou-se e ajeitou-se. Fez bem.

 

A mulher/escriba, facto raro, tem andado macambúzia. Deu em «inha» preocupada com o futuro pessoal e do Zé Povinho - cartão eleitoral atesta dela a pertença à casta desvalida (todos os portugueses, pois então!). Logo ela dita força da mãe natura, epíteto em que não se revê. Tem dias, isso sim, embora mais comuns os prazenteiros do que os tristinhos. Aborrece-a tanta manobra e feia obra para aprovar Orçamento do Estado que nem é, nem deixa ser. Entediam-na boatos sobre pacotes a cada dia piorados: _ já sabes disto e mais daquilo? E ela que não. Alguns que sim. No ano último, aprendeu experimentalmente que das vozes surgem nozes podres envernizadas para melhor serem dadas como boas. Aos boatos começa a prestar atenção. Por isso pessoazinha. E pondera se o seu atávico estado alegre não a inclui no clube dos contentinhos que, pela inércia em encontrar pá que carregue trastes para longe, atrasam em vez de adiantar Portugal.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 07:46
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (24) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds