Sábado, 4 de Janeiro de 2014

EVA OU HAVVA

 

     

Janet Hill

 

   À bíblica Eva, as religiões cristãs e judaicas remetem a culpa da primeira infração às normas instituídas. Ao deixar-se seduzir pelo sussurro tentador da serpente, privou toda a humanidade da perfeição e da perspetiva de vida infindável. Pela trinca na maçã da árvore da sabedoria, a mulher, intelectualmente irrequieta, condenou-se e às descendentes a experimentarem dores menstruais, o sangue na perca da virgindade, o carrego da gravidez e o sofrimento do parto. Punições, segundo a tradição judaico-cristã, devidas à astúcia e ao pecado original. No Livro da Sabedoria do Antigo Testamento, consta: “Eu descobri que a mulher é coisa mais amarga que a morte, porque ela é um laço, e seu coração é uma rede, e suas mãos, cadeias. (...) encontrei um homem correto entre mil, mas nenhuma mulher correta entre todas.” A cedência da Eva à transgressão justificou no cristianismo e no judaísmo uma suposta inferioridade da mulher. O Novo Testamento confirmou-a. Nas palavras de Deus dirigidas a Moisés, no Levítico, está escrito: "Fala aos filhos de Israel. Dirás os valores quando se cumpre um voto feito ao Senhor, baseando-se no valor de uma pessoa - para um homem de vinte a sessenta anos, o valor é de sessenta siclos de prata, em moeda do santuário; para uma mulher, o valor é de trinta siclos." Da Primeira Carta aos Coríntios do Apóstolo Paulo, capítulo 3, versículo 28, chega o primeiro sinal de reconhecimento da igualdade entre os humanos: “Não há mais judeu nem grego; já não há mais escravo nem homem livre, já não há mais o homem e a mulher”.

   No final das décadas de sessenta e setenta, dos movimentos estudantis, da contestação dos papéis e comportamentos dos sexos, surge o conceito de (...) 

    Eva ou Havva - mãe de todos. A procriadora e muito mais: figura de (...)

 

Nota: texto publicado na íntegra em http://www.escreveretriste.com/?p=59520

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:14
link | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds