Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

LÍNGUAS DA SOGRA E BOLAS


Honney Potter

 

É discutida a legalidade da ASAE/Polícia. Dos autos de denúncia que levantou. Por unanimidade, o Tribunal da Relação de Lisboa decidiu serem da competência da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica poderes conferidos há dois anos. Parece que inconstitucionalmente pela ausência de autorização parlamentar. O Ministro da Economia desentope a nuvem. Lembra que o organismo estatal em discussão não é novo, mas produto de síntese de entidades várias. Herdados, por inerência, os poderes. Como bens de família arribados por via do tetravô.
 
Das consequências das dúvidas levantadas, centro atenção nas bolas de Berlim e nas «línguas da sogra» vendidas nas praias da minha infância. Nas de Vale de Lobo, também. Posso cobiçar uma das duas doçarias por época estival. Mas quando a raridade acontece e a guloseima é imperativo cerebral feito desejo, que o homem – nunca mulher (alguém explique o porquê da selecção no género!) – se recorte, depressa, no horizonte. De preferência, vestido de branco. O cesto pode e deve ser de verga. Com abas. A pinça metálica. Que a ASAE se fique no gabinete no acto/compra. Que permita lambuzar dedos e boca.

 

CAFÉ DA MANHÃ
 

 

publicado por Maria Brojo às 00:18
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (4) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds