Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

OVERDOSE E RESSACA


Fritz Willis


O Infarmed anunciou não existirem medicamentos eficazes para a ressaca. Contra a que sobra das Festas ditas Felizes, ainda menos. Palavras acertadas.

 

Muitos projectam no banho de afectos que dura uma semana, compensação para o isolamento, decepções, auto-estima rasa e desesperança. Infeliz engano! O Ano Novo e o Natal não são xarope, anti-inflamatório ou pílula da felicidade. Passada a quadra de amor e alegria – simulada vezes demais -, regressa o quotidiano frio. Construído por quem não sabe aquecê-lo através da auto-crítica, gestos de dádiva, e pelo esculpir de boa vida íntima. Ressaca tanto maior quanto mais funda a crise pessoal.

 

Porque desde Janeiro se alinhavam férias outras, as grandes que, próximo o Verão, alegram  ânimos, (re)começa a projecção interior, de novo, marcada (mandada?) pelo calendário. Para muitos remanesce desilusão semelhante àquela de agora. Fundamentos idênticos: afinal, as crianças adoecem, brigam, interrompem sonos parentais; quando gastos, os casais não apertam laços. O torpor do diferente não esconde ou remedeia, incluindo o do próprio pelo próprio, afectos roídos.

 

Quem do intervalo do tempo passado aproveita memórias únicas e doces, nelas alicerça património para horas más. Pode ressentir-se do cansaço atitudinal que a meta/construção traz, mas não sofre. Passa ao lado da ressaca emotiva. Entra no tempo que chega novo sem tristezas corrosivas. Assim é, assim será, escreve a Teresa C. que nada sabe de teorias «psis».

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:02
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (26) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds