Sábado, 6 de Novembro de 2010

DEGELO PATRIÓTICO

Autor que não foi possível identiicar

 

Não reúne condições para Marilyn do XXI. Ser morena quando é preciso em nada influencia: também assim nasceu a Monroe. Em falta, o ar e verdade inocente duma mulher mítica, desde Setembro em livro com imagens desconhecidas captadas por John Vachon. Exposta rapariga de vinte e sete anos, deslumbrante, na privacidade que Hollywood sugaria.

 

Não é Mata Hari ressurgida século e pouco depois. Sedutora como ela, conquanto sem idêntico sucesso na obtenção de segredos ‘classificados’, deitada ou de joelhos ou em pé ou estrelando nos salões pelo exotismo bailado. Corria a I Grande Guerra e estórias e historietas e lendas, mais a morte prematura como a da Marilyn, esboçariam, da mulher, quimera. Mas Anna Chapman foi hipótese de espia que, há meses curtos, os Estados Unidos expulsaram. Vinte e oito anos. Nome de registo trocado, jovem e bela como a Monroe e a Hari. Estrelou como executiva bem-sucedida em Moscovo e Nova York.

 

Anya Kushchenko ou Anna Chapman, pela exposição mediática em dose maciça a que não resistiu, falhou na espionagem, mas logrou aquecer o frio dos concidadãos – poses arrojadas em vídeos e revistas masculina. A última, na Maxim esgotada nas bancas russas. Faltando provas da actividade como agente secreta, acabou condenada nos U.S.A., sem honra ou glória, por lavagem do metal que, há muito, deixou de ser vil. O presidente Dmitri Medvedev condecorou-a (do mal o menos para a Anya!); com ela os compatriotas esquecem o gelo. Patriótica acção.

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 11:01
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (12) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds