Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

METAFÍSICAS MENORES

Vladimir Kush, Norman Rockwell

 

Gostava de desafios. Desde pequena, ainda jogava às cartas, ao xadrez, às damas ensinada pelo pai e pelo avô, odiava perder mesmo se feijões eram prémio. Ensaiara batota, mas depressa entendeu a falta de mérito por manobras assim. Hoje, continua sem perceber a vantagem do falso quando a verdade questiona e dá que fazer ao espírito. Ora, embaraçar pensamentos e deles saber qual a ponta do fio da meada obscura é gosto. Quanto mais baralhada melhor - o trabalho subsequente é estímulo que não desperdiça. E pelos dias vai encontrando motivos para agir. É tão penosa a linearidade se mais e melhor é necessário!

 

Linhas rectas, delas os segmentos, têm vantagens nas alturas certas das vidas. Como norma reactiva são tédio. Curvar o entendimento ajuda à tolerância sem ser beliscada a coerência. Alarga horizontes. Potencia solidariedades. Rejeita cristalizações da matriz desenhada no nascer e crescer. A dificuldade reside no exercício diário que as confrontações com a linha avançada dos «pré-conceitos» individuais afligem. Guerreá-la a cada momento beneficia o indivíduo e a cidadania.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 13:07
link do post | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (3) | favorito

últ. comentários

Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...
De férias , para sempre. Fechou a loja... :-(
Curta as férias querida...Beijos
ABANDONODAVID MOURÃO FERREIRAPor teu livre pensame...
Ainda?Isso aí no Inverno é gelado ;-)

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds