Sábado, 27 de Novembro de 2010

DO MISTRAL AO PÉNIS DISCRIMINADO

Autor que não foi possível identificar, Tim O'Brien

 

Do mistral, soube cedo pela literatura francesa. Por demorar na Provença somente em período estival, jamais lhe senti o empurro circulando em Nice ou Cannes ou Cap Ferrat ou no Mónaco, lugares cerca donde os Alpes terminam e enredam os passeantes em frio vindo do Norte. A Wiki informa ser um vento catabático. Desconhecia o significado do termo mas a referida esclareceu: _ “da palavra grega katabatikos que significa ‘descendo colinas’ é o nome técnico de drainage wind, um vento que transporta ar de alta densidade de uma elevação descendo a encosta devido à acção da gravidade. Cá está. Tinha de ser. A força gravítica ao permanente dispor.

 

Ontem, no cimo do Parque Eduardo VII, marcados nos painéis digitais, oito Celsius, a TSF informou que Manuel Alegre sofre de “engulhos pela adopção gay”. É lá com ele, o candidato do PS cuja maioria vota Cavaco como se mistral tivesse cavalgado nos céus até Belém e varrido a fidelidade dos militantes socialistas à escolha partidária. Os engulhos gays de Alegre comparo a olho que pisca à direita.

 

À conversa com especialista em Sociologia vim a saber que em Manaus, a Secretária da Educação estuda proibição de docentes masculinos leccionarem crianças até aos doze anos. Por dois professores da rede municipal terem abusado de crianças entre os 6 e os 12, já entre grades os culpados, os responsáveis burlam a lei que dita ausência de discriminação pelo sexo dos candidatos à docência, retirando os homens das salas de aula e remetendo-os para tarefas burocráticas.

 

Esta coisa do pénis, majestade que tem sido condicionante da igualdade laboral, merece reflexão. Antes, ainda hoje mais do que a esperança, era o útero penalizado. Agora, os pénis desviados da linha recta oficial construída por comportamentos morais sólidos, alguns «moralóides» (homossexuais & company), são espectros no reino das sombras. Mundo fantasma este ou não imperasse a hipocrisia do adágio "ouve o que digo, esquece o que faço.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:43
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (18) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds